Óscares 2020. Parasite foi o grande vencedor da noite

Foi atípico. Parasite, filme do coreano Bong Joon-ho, foi o grande vencedor-surpresa dos Óscares 2020, arrecadando o prémio de Melhor Filme, Realizador, Argumento Original e Filme Estrangeiro.

- Publicidade -

Em 92 anos, este é o primeiro Óscar de Melhor Filme para um filme que não é falado em inglês.

Não deixa de ser curioso como tudo começou. Para quem viu em direto ou está agora a ver a cerimónia, tudo começou com o Óscar de Melhor Ator Secundário para Brad Pitt graças à sua prestação em Era Uma Vez… em Hollywood.

Mas vamos aos vencedores (assinalados a negrito):

Melhor Filme
“Ford v Ferrari”
“The Irishman”
“Jojo Rabbit”
Joker
Little Women
Marriage Story
1917
Once Upon a Time in Hollywood”
“Parasite”

Melhor Ator
Antonio Banderas, “Pain and Glory”
Leonardo DiCaprio, “Once Upon a Time in Hollywood”
Adam Driver, “Marriage Story”
Joaquin Phoenix, “Joker”
Jonathan Pryce, “The Two Popes”

Melhor Atriz
Cynthia Erivo, “Harriet”
Scarlett Johansson, “Marriage Story”
Saoirse Ronan, “Little Women”
Charlize Theron, “Bombshell”
Renee Zellweger, “Judy”

Melhor Ator Secundário
Tom Hanks, “A Beautiful Day in the Neighborhood”
Anthony Hopkins, “The Two Popes”
Al Pacino, “The Irishman”
Joe Pesci, “The Irishman”
Brad Pitt, “Once Upon a Time in Hollywood”

Melhor Atriz Secundária
Kathy Bates, “Richard Jewell”
Laura Dern, “Marriage Story”
Scarlett Johansson, “Jojo Rabbit”
Florence Pugh, “Little Women”
Margot Robbie, “Bombshell”

Melhor Realizador
Martin Scorsese, “The Irishman”
Todd Phillips, “Joker”
Sam Mendes, “1917”
Quentin Tarantino, “Once Upon a Time in Hollywood”
Bong Joon Ho, “Parasite”

Melhor Filme de Animação
“How to Train Your Dragon: The Hidden World”, Dean DeBlois
“I Lost My Body”, Jeremy Clapin
“Klaus”, Sergio Pablos
“Missing Link”, Chris Butler
“Toy Story 4”, Josh Cooley

Melhor Curta-Metragem de Animação
“Dcera”, Daria Kashcheeva
“Hair Love”, Matthew A. Cherry
“Kitbull”, Rosana Sullivan
“Memorable”, Bruno Collet
“Sister”, Siqi Song

Melhor Argumento Adaptado
“The Irishman”, Steven Zaillian
“Jojo Rabbit”, Taika Waititi
“Joker”, Todd Phillips, Scott Silver
“Little Women”, Greta Gerwig
“The Two Popes”, Anthony McCarten

Melhor Argumento Original
“Knives Out”, Rian Johnson
“Marriage Story”, Noah Baumbach
“1917”, Sam Mendes and Krysty Wilson-Cairns
“Once Upon a Time in Hollywood”, Quentin Tarantino
“Parasite”, Bong Joon-ho, Jin Won Han

Melhor Fotografia
“The Irishman”, Rodrigo Prieto
“Joker”, Lawrence Sher
The Lighthouse”, Jarin Blaschke
“1917”, Roger Deakins
“Once Upon a Time in Hollywood”, Robert Richardson

Melhor Documentário (Longa-Metragem)
“American Factory”, Julia Rieichert, Steven Bognar
“The Cave”, Feras Fayyad
“The Edge of Democracy”, Petra Costa
“For Sama”, Waad Al-Kateab, Edward Watts
“Honeyland”, Tamara Kotevska, Ljubo Stefanov

Melhor Documentário (Curta-Metragem)
In the Absence”, Yi Seung-Jun and Gary Byung-Seok Kam
“Learning to Skateboard in a Warzone”, Carol Dysinger
“Life Overtakes Me”, Kristine Samuelson and John Haptas
“St. Louis Superman”, Smriti Mundhra and Sami Khan
“Walk Run Cha-Cha”, Laura Nix

Melhor Curta-Metragem de Imagem Real
“Brotherhood”, Meryam Joobeur
“Nefta Football Club”, Yves Piat
“The Neighbors’ Window”, Marshall Curry
“Saria”, Bryan Buckley
“A Sister”, Delphine Girard

Melhor Filme Internacional
“Corpus Christi”, Jan Komasa
“Honeyland”, Tamara Kotevska, Ljubo Stefanov
“Les Miserables”, Ladj Ly
“Pain and Glory”, Pedro Almodovar
“Parasite”, Bong Joon Ho

Melhor Montagem
“Ford v Ferrari,” Michael McCusker, Andrew Buckland

“The Irishman,” Thelma Schoonmaker
“Jojo Rabbit,” Tom Eagles
“Joker,” Jeff Groth
“Parasite,” Jinmo Yang

Melhor Edição de Som
“Ford v Ferrari”, Don Sylvester
“Joker”, Alan Robert Murray
“1917”, Oliver Tarney, Rachel Tate
“Once Upon a Time in Hollywood”, Wylie Stateman
Star Wars: The Rise of SkyWalker”, Matthew Wood, David Acord

Melhor Mistura de Som
Ad Astra
“Ford v Ferrari”
“Joker”
“1917”
“Once Upon a Time in Hollywood”

Melhor Produção Artística
“The Irishman”, Bob Shaw and Regina Graves
“Jojo Rabbit”, Ra Vincent and Nora Sopkova
“1917”, Dennis Gassner and Lee Sandales
“Once Upon a Time in Hollywood”, Barbara Ling and Nancy Haigh
“Parasite”, Lee Ha-Jun and Cho Won Woo, Han Ga Ram, and Cho Hee

Melhor Banda Sonora
“Joker”, Hildur Guðnadóttir
“Little Women”, Alexandre Desplat
“Marriage Story”, Randy Newman
“1917”, Thomas Newman
“Star Wars: The Rise of Skywalker”, John Williams

Melhor Canção Original
“I Can’t Let You Throw Yourself Away”, “Toy Story 4”
“I’m Gonna Love Me Again”, “Rocketman”
“I’m Standing With You”, “Breakthrough”
“Into the Unknown”, “Frozen 2”
“Stand Up”, “Harriet”

Melhor Caraterização
“Bombshell”
“Joker”
“Judy”
“Maleficent: Mistress of Evil”
“1917”

Melhor Guarda-Roupa
”The Irishman”, Sandy Powell, Christopher Peterson
“Jojo Rabbit”, Mayes C. Rubeo
“Joker”, Mark Bridges
“Little Women”, Jacqueline Durran
“Once Upon a Time in Hollywood”, Arianne Phillips

Melhores Efeitos Visuais
Avengers: Endgame
“The Irishman”
“1917”
The Lion King
“Star Wars: The Rise of Skywalker”

Fonte:Oscars
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

13,033FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
788SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mini-Críticas Cinema – Edição 2021

Normalmente preparo este tipo de artigo perto do final de cada ano com mini-críticas que fui guardando de alguns filmes para os quais não tive tempo de escrever uma opinião mais extensa.

Mortal Kombat e Nomadland entre os filmes que vão estar no cinema a partir de 19 de abril

Falta menos de uma semana para algo que os portugueses desejam há bastante tempo: a possibilidade de ver um filme no grande ecrã.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.

Filmes icónicos estreiam este mês na HBO Portugal

Começando em Parasites, passando por Forrest Gump e A Beautiful Mind, há muito por onde escolher.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Oficial: Novo filme de Dragon Ball Super nos cinemas em 2022

E depois disto, só falta mesmo o anime regressar ao pequeno ecrã.

Análise – The Longing (Nintendo Switch)

Uma experiência única sobre a passagem do tempo e o nosso lugar enquanto jogadores.

Netflix vai adaptar para inglês o filme sensação mexicano Nosotros Los Nobles

Nosotros Los Nobles é uma comédia mexicana baseada na peça El Gran Calavera.