Termina este fim-de-semana o Rock in Rio-Lisboa. Aqui está tudo o que precisam de saber

É hoje que começa o segundo fim-de-semana do Rock in Rio-Lisboa e, consequentemente, o que marca o fecho do festival. As portas abriram novamente às 12h e já são muitos os que andam pelo Parque da Bela Vista.

- Publicidade -

Para hoje, sexta, dia 29 de junho, o nome forte do cartaz são os The Killers. Já amanhã, dia 30, Katy Perry encabeça um dia há muito esgotado.

Como abre às 12h, o Rock in Rio-Lisboa fecha agora às 02h do dia seguinte, com exceção do dia de amanhã, que, com as alterações de horários para a exibição do jogo Portugal-Uruguai, vai encerrar às 03h da manhã. E, além da música, há muito mais para descobrir este ano.

Primeiro que tudo, para quem vem de fora de Lisboa, há a eterna questão do estacionamento. Pois bem, recomenda-se que usem os transportes públicos e que deixem os carros estacionados em zonas livres de parquímetro.

O metro será, provavelmente, a opção mais cómoda e económica, uma vez que basta apanhar a linha vermelha do Metropolitano de Lisboa e sair na estação da Bela Vista.

Em especial para o Rock in Rio-Lisboa, o Metropolitano de Lisboa alargará os seus serviços nos dias do festival até às 03h. Estarão quatro linhas abertas, com cerca de 30 estações em funcionamento fora do período normal. As carruagens estarão a sair a cada seis minutos.

Já a CP Lisboa oferece as viagens nos Comboios Urbanos de Lisboa e nos comboios especiais do Cais do Sodré para Cascais e de Oriente/Roma-Areeiro para Sintra, bastando apresentar o bilhete do festival.

Haverá, ainda, horários especiais nas madrugadas dos dias 30 de junho e 1 de julho, com as últimas partidas às 02h40 (Lisboa Oriente), 02h47 (Roma-Areeiro em direção a Sintra – paragem em todas as estações) e 03h00 (Cais do Sodré em direção a Cascais – paragem em todas as estações).

No caso de alguém necessitar dos serviços CP Intercidades, InterRegionais e Regionais, é também possível usufruir de um desconto de 30% na viagem, mediante apresentação do bilhete Rock in Rio-Lisboa.

Para quem vem da Margem Sul, a Fertagus disponibiliza, nos dias do Rock in Rio-Lisboa, um comboio com horários especiais da estação Roma-Areeiro e destino a Setúbal, efetuando paragens em todas as estações a partir do Pragal. As partidas estão marcadas para a 01h45 nos dias 30 de junho e para a 01h28 no dia 29 de junho.

Além disso, ao apresentar bilhete para o festival na bilheteira da Fertagus, na compra de uma viagem ida e volta, a Fertagus oferece o estacionamento.

Já a Transtejo e Soflusa asseguram o normal funcionamento dos serviços, operando os trajetos Cais do Sodré-Cacilhas (com o último barco a sair à 01h40) e Terreiro do Paço-Barreiro (com o último barco às 02h00). Em caso de necessidade, serão efetuados serviços especiais.

Para quem reside fora da Área Metropolitana de Lisboa, a Rede Expressos oferece oferece mais de 250 pontos de partida nacionais em direção a Lisboa. Mediante a apresentação de bilhete Rock in Rio-Lisboa, os passageiros terão direito a 25% de desconto nas viagens nacionais.

Há ainda a opção da BusUp, responsável pela operação do shuttle Rock in Rio-Lisboa com partidas de pontos estratégicos na envolvente da capital, nomeadamente Cascais Villa, Beloura Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet e Forum Montijo. Este transporte leva os fãs até à porta da Cidade do Rock por 12€ (ida e volta), com partidas às 11h00, 14h00, 17h00 e 20h00, e regresso às 00h30, 01h00 e 02h30.

No que toca à Carris, a empresa assegura vários trajetos que permitem a deslocação até ao recinto de forma fácil e cómoda. Há autocarros a partir de quatro carreiras do lado de Chelas (755 Poço Bispo – Sete Rios; 793 Marvila – Estação Roma-Areeiro; 794 Terreiro do Paço – Estação Oriente; 32B Amendoeiras metro – Amendoeiras-metro) e três carreiras do lado da Av. Almirante Gago Coutinho (705 Estação Oriente – Estação Roma-Areeiro nos dias úteis; 708 Martim Moniz – Parque das Nações Norte; 722 Praça de Londres – Portela). A partir das 23h30, entra em funcionamento a Rede da Madrugada com o 208 a operar entre o Cais do Sodré e a Estação do Oriente.

Para quem preferir, há ainda a opção da myTaxi, aplicação para serviços de táxi que assume o compromisso de oferecer uma forma de mobilidade simples e cómoda para os fãs se deslocarem de e para a Cidade do Rock. Neste caso, sugere-se a reserva antecipada do serviço, selecionando os pontos de referência mytaxi disponíveis à volta do recinto. Haverá ainda táxis colectivos na cidade de Lisboa a preços fixos para deslocações até ao recinto e com partida deste.

Por último, opções mais sustentáveis e amigas do ambiente. É também possível chegar à Cidade do Rock de bicicleta. O Rock in Rio-Lisboa, em parceria com a Cofidis, disponibiliza um Bike Park para que todos os ciclistas possam deixar as suas bicicletas enquanto desfrutam do evento.

Quanto aos horários dos palcos para este fim-de-semana, são estes:

29 de junho

Palco Mundo
23h00 – Chemical Brothers
21h15 – The Killers
19h45 – Xutos & Pontapés
18h00 – James

Music Valley
12h00/18h00 – Somersby Pool Party
17h00 – Manel Cruz
19h00 – Capitão Fausto
20h15 – Revenge of the 90’s

EDP Rock Street
15h15 – A’mosi Just a Label
17h00 – Nástio Mosquito & DZZZZ Band
19h00 – Moh! Kouyaté

30 de junho

Palco Mundo
23h00 – Katy Perry
21h15 – Jessie J
17h45 – Ivete Sangalo
16h30 – Hailee Steinfeld

Music Valley
12h00/17h00 – Somersby Pool Party
17h00 – Carlão
21h15 – Blaya
23h30 – Karetus
00h30 – Rich & Mendes
01h30 – Vintage Culture

EDP Rock Street
15h15 – Selma Uamusse
17h00 – Batuk
18h15 – Paulo Flores

Há ainda o Pop District, onde o público poderá encontrar as mais variadas experiências de entretenimento ao vivo dedicadas à música, ao gaming, à arte e ao cinema. Esta zona vai ter o “wall of fame” (um muro onde o público pode ver os moldes de bandas e artistas como Aerosmith, The Who, Ed Sheeran, Shawn Mendes, Maroon 5, Mariza e Xutos & Pontapés), performances de dança inspiradas em filmes e músicas de sucesso, sósias de ícones internacionais, cosplay, pinturas faciais inspiradas em pop art, ilustradores de banda desenhada, super heróis e muito, muito mais.

É também neste quarteirão que a 7.ª arte se vai instalar. São oito títulos, entre nacionais e internacionais, que durante os quatro dias de evento vão ganhar vida, sair do grande ecrã e criar momentos de interação com o público através de atividades que irão compor a programação do Pop District.

Atenção, não haverão estreias de filmes propriamente ditos, mas existirão diversas surpresas para o público que passar pelo Pop District.

Por fim, o Super Bock Digital Stage, palco dedicado aos fenómenos digitais. A apresentar e a moderar quizzes e desafios, estarão Diogo Faro aka Sensivelmente Idiota, o comediante Guilherme Fonseca, a cantora Carolina Torres e ainda Catarina Filipe, youtuber.

Pelo recinto, a interagir com o público da Cidade do Rock e, em simultâneo, com o Super Bock Digital Stage (à distância), estarão Beatriz Gosta, a mulher aventureira que conta histórias sem filtro, e ainda Cátia Domingues aka One Woman Show, a humorista, argumentista, blogger e ativista que acredita que vai mudar o mundo.

O palco abre e encerra, todos os dias, com um hino próprio cantado a três vozes (Filipe Gonçalves, Kiko is Hot e Eva RapDiva).

Super Bock Digital Stage

Para hoje, 29 de junho, estão garantido os nomes de Bruno Mota, Mr Nikki, Rad Weasel, Pedro Tim, Daizer, Bernardo Almeida, Ric Fazeres, Miguel Paraíso, Mocê dum Cabreste, António Raminhos e Sirkazzio.

Para amanhã, 30 de junho, os destaques vão para Miguel Alves, Nuno Moura, Dois Brancos & Um Preto feat Lili Caneças e D4rkFrame.

Há ainda muita música no palco Yorn Street Dance, em que 114 bailarinhos vão protagonizar espetáculos de dança desde a abertura das portas até às 23h.

Além do entretenimento, há que realçar o novo espaço Time Out Market Rock in Rio, onde estarão 14 espaços e chefs, fazendo, assim, parte do primeiro mercado “pop-up” de alta cozinha. Este mercado contará com 400 lugares sentados.

Além deste mercado, há outros 20 espaços de restauração e bar espalhados pelo Parque da Bela Vista.

Time Out Market
Foto: Agência Zero

Há ainda a Área VIP, mas apenas os portadores de bilhete VIP é que conseguem entrar no espaço. Quem lá entrar pode contar com refeições temáticas nos vários dias do festival.

A meteorologia favorece o Rock in Rio, pelo que não precisam de estar preocupados em levar casacos ou objetos de maior porte. Em todo o caso, estarão disponíveis dois bengaleiros no exterior do recinto, além de outro bengaleiro no próprio Rock in Rio-Lisboa.

Para quem vai à caça de brindes, recomenda-se que levem uma mochila para guardar todas as recordações.

Por último, salientar os objetos proibidos: alimentos destinados ao comércio, garrafas, latas, capacetes, armas de fogo ou outros que possam ser considerados perigosos. Também é proibida a entrada de animais no recinto, com exceção de cães-guia.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Festival O Sol da Caparica passa para 2022

A organização promete "uma edição incrível e inesquecível com muita música lusófona".

Frank Carter & the Rattlesnakes dão concerto em Lisboa em 2022

Um novo espetáculo promovido pela Prime Artists.

Há três freguesias de Lisboa com um projeto de recolha de equipamentos elétricos

“Estejam na cozinha ou na garagem, nós levamo-los para reciclagem” é o mote do projeto piloto desenvolvido pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) e o Electrão.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Revista TIME elege Coimbra como um dos 100 locais do mundo a visitar em 2021

A cidade candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027 é uma das duas cidades portuguesas que figuram nesta lista.

Dragon Ball Super: Super Hero é o nome do novo filme

Foi revelado o teaser que anuncia esse mesmo nome, bem como um primeiro olhar ao design de algumas personagens.

Festival O Sol da Caparica passa para 2022

A organização promete "uma edição incrível e inesquecível com muita música lusófona".