fbpx

Área VIP do Rock In Rio com refeições temáticas nos vários dias de música

No dia 7 de junho, a Villa Helena, em Lisboa, contou com a presença de várias caras conhecidas para a degustação do menu que será servido na área VIP da 8ªedição do Rock in Rio-Lisboa.

A empresa de catering Bholding, bem como o seu chefe executivo João Alves, puseram mãos à obra e criaram um menu para todos os gostos e aliado à música que se vai fazer ouvir nos diferentes dias do festival.

Foi num ambiente descontraído e acolhedor que o chef João Alves, juntamente com a vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, explicaram que o menu foi criado exactamente a pensar nos géneros musicais de cada dia e nas necessidades dos fãs desses mesmos géneros, de forma a enquadrar cada momento com o menu, aqui ficam alguns exemplos:

No dia 24, encabeçado por Bruno Mars e ainda com nomes como Anitta e os portugueses HMB, podemos contar com sushi, ceviche e outros pratos frios.

Dia 29, um dos dias mais roqueiros desta edição, com The Killers, Chemical Brothers e os Capitão Fausto, podemos comer hambúrgueres, hotdogs e fast food mais saudável. Por ser um dia dedicado ao rock, o menu foi pensado para ser rápido, fácil, mas também reconfortante, para que a energia não falte noite dentro.

No dia 30, dia de Katy Perry, Ivete Sangalo e Blaya, o menu é dedicado à gastronomia portuguesa e não faltará o bacalhau e a batata à murro.

Isto tudo e mais umas sobremesas deliciosas, gomas, bolachas personalizadas, chupas e, claro, bar aberto!

Não é só a parceria com a Bholding que é novidade nesta edição da cidade do Rock. Este ano o patrocinador da área VIP é a TAP e isso proporcionou algumas melhorias a nível do espaço. A área VIP conta agora com 2600 metros quadrados, uma parte da varanda estará coberta e existirá uma ponte que facilitará a saída do recinto do festival.

A área mais desejada do Rock In Rio está maior, mais confortável e mais apetecível que nunca. Apelidada pela Roberta Medina de “Oásis”, é mesmo local de passagem obrigatória, mas como a própria diz “tem que descer, tem que viver, tem que sentir a energia, para cantar junto e dançar junto” e é fora da área VIP que se sente verdadeiramente o festival.

Por isso, aproveitem tudo o que a cidade do rock tem para oferecer, mas não se esqueçam que é no “oásis” que se come bem. Eu que provei de tudo garanto que não se vão arrepender!

Texto de: Mafalda Fidalgo

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,783FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Já se conhecem os chefs que vão andar a cozinhar no Arrebita Portimão

Esta festa da gastronomia acontece já a partir desta sexta-feira.

Algarve Craft&Food. Novo evento vai valorizar o artesanato local e os produtos alimentares típicos algarvios

O projeto foi hoje lançado pela Região de Turismo do Algarve (RTA). Chama-se Algarve Craft&Food e vai valorizar o artesanato e a gastronomia da região, bem como promover as tradições e o património natural como ativos para potenciar a oferta de turismo cultural e criativo.

Chef Vítor Sobral divulga menus de degustação para o Festival Jardins do Marquês – Oeiras Valley

Mais do que apenas um festival, o Jardins do Marquês – Oeiras Valley propõe despertar todos os sentidos com uma oferta gastronómica de gabarito. E embora ainda não tenhamos o alinhamento completo do festival, já sabemos quais os menus de degustação que serão servidos no cenário único dos jardins nos dias 1, 4, 6 e 7 de julho.

Os 10 mandamentos para comer sushi

Uma coisa é certa: os portugueses adoram comer sushi. E cada vez mais. Se há uns anos falava-se muito...
- Publicidade -

Mais Recentes

Fonoteca Municipal do Porto tem o maior arquivo sonoro da cidade

Nasceu o maior arquivo sonoro da cidade, com mais de 35 mil discos de vinil.