BAFTA: “Roma” ganha categoria de Melhor Filme, mas foi “A Favorita” que conquistou mais prémios

Decorreu este domingo, dia 10 de fevereiro, no Royal Albert Hall, em Londres, a 72.ª edição dos prémios da Academia Britânica de Cinema, mais conhecidos como BAFTA. E Roma, a fabulosa longa-metragem do mexicano Alfonso Cuarón que está presente na Netflix, foi o grande vencedor desta edição ao ganhar na categoria de “Melhor Filme“. Além disso, o filme de Cuarón deu ainda outros três galardões: “Melhor Realizador”, “Melhor Filme Estrangeiro” e “Melhor Fotografia“.

- Publicidade -

Contudo, foi mesmo o filme A Favorita a conquistar mais galardões. A película tinha, ao todo, 12 nomeações, sagrando-se vencedora em sete delas: “Melhor Atriz” para Olivia Colman, “Melhor Atriz Secundária” para Rachel Weisz, “Melhor Argumento Original”, “Melhor Direção de Arte”, “Melhor Guarda-Roupa”, “Melhor Caracterização” e “Melhor Filme Britânico”.



A Favorita é realizado pelo grego Yorgos Lanthimos e podem ler a nossa crítica aqui.

Destaque ainda para Rami Malek, que ganhou o prémio de “Melhor Ator” pela sua interpretação de Freddie Mercury no filme Bohemian Rhapsody; para Mahershala Ali, que ganhou o prémio de “Melhor Ator Secundário” pela sua personagem em Green Book – Um Guia para a Vida; e para Homem-Aranha: No Universo Aranha, que ganhou o prémio de Melhor Filme de Animação.

Fiquem com a lista completa dos vencedores:

Melhor Filme: “Roma”;
Melhor Ator: Rami Malek, em “Bohemian Rhapsody”;
Melhor Ator Secundário: Mahershala Ali, em “Green Book – Um Guia para a Vida”;
Melhor Atriz: Olivia Colman, em “A Favorita (The Favourite)”
Melhor Atriz Secundária: Rachel Weisz, em “A Favorita (The Favourite)”;
Melhor Realizador: Alfonso Cuarón, por “Roma”;
Melhor Argumento Original: “A Favorita (The Favourite)” (Deborah Davis e Tony McNamara);
Melhor Argumento Adaptado: “BlacKkKlansman: O Infiltrado (BlackkKlansman)” (Spike Lee, David Rabinowitz, Charlie Wachtel e Kevin Willmott);
Melhor Filme Estrangeiro: “Roma” (México);
Melhor Filme de Animação: “Homem-Aranha: No Universo Aranha (Spider-Man: Into the Spider-verse)”;
Melhor Documentário: “Free Solo”, de Elizabeth Chai Vasarhelyi, Jimmy Chin, Evans Hayes e Shannon Dill;
Melhor Banda Sonora: “Assim Nasce Uma Estrela (A Star is Born)”;
Melhor Fotografia: “Roma”;
Melhor Edição: “Vice”;
Melhor Direção de Arte: “A Favorita (The Favourite)”;
Melhor Guarda-Roupa: “A Favorita (The Favourite)” (Sany Powell);
Melhor Caracterização: “A Favorita (The Favourite)”;
Melhor Edição Sonora: “Bohemian Rhapsody”;
Melhores Efeitos Especiais: “Black Panther”.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Shattered: Tale of the Forgotten King – Em terras de Reis

Um projeto ambicioso e muito arrojado que chega finalmente às consolas depois de uma estreia no PC.

Microfone Fifine K658 – O go-to se queres começar no mundo do streaming ou podcasts

É o microfone que precisas para fazer o teu podcast andar para a frente, até porque de lado não capta bem o áudio.