“Captain Marvel” já voa entre as maiores estreias de sempre

Antes de voltarmos aos Avengers, ficámos a conhecer na semana passada a mais recente adição ao clube de super-heróis do Universo Cinemático da Marvel com Captain Marvel.

- Publicidade -

Com projeções que apontavam para valores de bilheteira na ordem dos 350 milhões de dólares em todo o mundo, Captain Marvel revelou ser mesmo uma das heroínas mais fortes, ultrapassando essas expetativas com uma grande margem.

Para além de uma boa receção crítica, com 80% no Rotten Tomatoes e nota A no CinemaScore, Captain Marvel também se tornou num dos filmes mais vistos da Marvel em tão pouco tempo.

Captain Marvel, que estreou nos cinemas nacionais no passado dia 6 de março, já conta, segundo o portal Box Office Mojo, com receitas de 455 milhões de dólares em bilheteira, com 153 milhões feitos apenas nos Estados Unidos e 302 milhões no resto do mundo.



Em termos de comparação, Captain Marvel já se tornou no sexto filme com a melhor estreia de sempre, ultrapassando Star Wars: The Last Jedi (450.8 milhões de dólares), e, no que toca a filmes de super-heróis, fica atrás de Avengers: Infinity War (640 milhões de dólares).

Apesar de tentativas de boicotes e movimentos anti-feministas de alguns grupos de internet, Captain Marvel revela que, na vida real, ninguém quer saber dos comentários de Internet.

Com Avengers: Endgame a chegar aos cinemas já no final de abril, há também uma grande vontade do público em conhecer Carol Denvers e de que forma é que a sua história se cruza com o restante Universo Cinemático da Marvel.

Uma coisa é certa, ainda não passou uma semana e Captain Marvel já voa alto. Para ficarem a saber mais sobre Captain Marvel, podem ler a nossa crítica do Echo Boomer, aqui.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mortal Kombat e Nomadland entre os filmes que vão estar no cinema a partir de 19 de abril

Falta menos de uma semana para algo que os portugueses desejam há bastante tempo: a possibilidade de ver um filme no grande ecrã.

Crítica – Thunder Force

Thunder Force é mais uma peça de storytelling sem sentido e absurda de Ben Falcone, caraterizada por um humor insuportavelmente seco e forçado, para além de uma história facilmente esquecível.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Testagem gratuita à Covid-19 alargada a todos os moradores da cidade de Lisboa

Quer isto dizer que o Plano Municipal de Testagem, anunciado em março passado, deixa de estar limitado aos moradores das freguesias com mais de 120 casos por 100 mil habitantes e a cidadãos maiores de 16 anos.

Conhece os novos jogos independentes para a Nintendo Switch no mais recente Indie World

Há 21 novos jogos independentes a caminho da Nintendo Switch, ainda este ano.

Matinal alarga gama de queijo fresco aos intolerantes à lactose

Em 2017, a Matinal apresentou o leite selecionado Matinal Leve, com menos lactose e sem gordura.