Uber Eats volta a mexer nos preços e cria nova taxa para pedidos de baixo valor

Felizmente, vai existindo cada vez mais concorrência.

- Publicidade -

No passado mês de outubro vimos chegar a Portugal, neste caso a Lisboa, duas novas marcas de delivery: Getir e Rocket. Enquanto a primeira estreou por cá um serviço de entrega de mercearias ao domicílio, embora também possua um serviço de entrega de refeições, a Rocket aposta no mais típico e trabalha com os restaurantes para que, dessa forma, possa levar os pratos a casa dos clientes.

E com tanta concorrência, a Uber Eats, dos serviços digitais mais antigos que temos por cá no que toca à entrega de refeições ao domicílio, bem que podia ter aprendido alguma coisa com a concorrência. Mas a verdade é que, enquanto novas plataformas beneficiam os clientes, a Uber Eats parece estar cada vez mais cara.

Na segunda semana de outubro, elaborámos um artigo onde referimos que a Uber Eats tinha “mudado as regras do jogo” e tornado as entregas mais baratas em pedidos de baixo valor. Já os pedidos mais caros ficaram ainda mais caros, devido à taxa de serviço.

Ora, parece que estão para chegar novas mudanças. O custo das entregas fica novamente mais caro e vem aí uma nova taxa para pedidos de baixo valor, o que é justamente o contrário do que tinha sido anteriormente anunciado.

Na conta Uber Eats de um dos elementos da equipa do Echo Boomer, começámos por reparar que, comparativamente a outras contas, os valores da taxa de entrega e de serviço não batiam certo. Foi aí que, na “homepage” da app, reparámos na existência de um banner que refere alterações relativamente às entregas.

Ao abrir o banner, a Uber Eats conta-nos as mudanças que está a implementar. E se quisermos saber mais, somos redirecionados para esta página, onde podem ler o seguinte:

  • Taxa de Entrega. Esta taxa tem como base a distância entre si e o restaurante quando o seu pedido é entregue por um parceiro de entregas Uber Eats. Quando o restaurante decide fazer a entrega com os seus próprios estafetas, o restaurante decide o custo da Taxa de Entrega. Saberá sempre quanto irá pagar antes de efetuar o seu pedido.
  • Taxa de Pedido Pequeno. Esta taxa aplica-se a pedidos com um valor total dos artigos inferior a 5€ em algumas lojas. A taxa pode ser evitada ao adicionar artigos ao seu carrinho de forma a que o valor seja igual ou superior a 5€.
  • Taxa de Serviço. Esta taxa é calculada como 10% do subtotal do seu pedido e será adicionada ao total do seu pedido no checkout. Para restaurantes que fazem entregas com os seus estafetas, a Taxa de Serviço não se aplica. Pode verificar todos as taxas em clicar em ‘Ver Carrinho’ antes de efetuar um pedido na aplicação ou online.

Na página de checkout de um pedido, antes das mudanças anunciadas em outubro, somente aparecia um único valor para o custo da entrega. Com as recentes alterações, a Uber Eats passou a mostrar o valor da taxa de serviço, bem como o custo da entrega.

O que nos parece ser uma grande novidade é mesmo a taxa de pedido pequeno, em que algumas lojas irão aplicar uma taxa extra caso o valor da encomenda seja inferior a 5€. Até percebemos a decisão – Glovo e Bolt Food aplicam esta mesma taxa -, mas vai precisamente contra o que foi dito este mês pela Uber Eats, em que tinha “alterado os valores de entrega” de modo a tornar o serviço “mais acessível nos diferentes momentos de utilização”. Afinal, em que ficamos?

Taxa de serviço Uber Eats

Já em relação à taxa de serviço, é dito que é calculada como 10% do subtotal do pedido. Até aqui, a taxa de serviço estava definida para um máximo de 6,49€. Agora, na tal conta onde reparámos nestes valores estranhos, o valor da taxa de serviço desce para os 2,99€.

Se parecem boas notícias, na prática nem por isso. É que as entregas voltaram a ficar mais caras… pelo menos nesta nossa conta. Neste momento, quase todos os utilizadores terão taxas de entrega de 0,40€0,70€0,90€1,40€ ou 1,90€, mas se se confirmar que os valores da nossa conta estão certos e não se trata de um qualquer bug, então as entregas vão ficar novamente mais caras, podendo ir para valores como 3,40€, ou até mais, o que é bastante.

Provamos o que estamos a dizer com um exemplo prático. Nestas imagens, poderão reparar que, com a mesmíssima morada, e sem qualquer tipo de promoção aplicada, os valores variam bastante, com diferenças que chegam aos 2€ devido à entrega. E se multiplicarmos esses 2€ por vários pedidos, são muitos euros gastos a mais.

E desse lado, alguém está com estes novos valores?

- Publicidade -

1 Comentário

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Vão ao Rock in Rio Lisboa? Este ano vai ser possível utilizar o Uber Eats… dentro do recinto

Além disso, poderão utilizar os serviços da TVDE para ir e voltar do festival, com zonas pick up dedicadas.

No apoio ao cliente, o Uber Eats é bem pior que a concorrência

Enquanto que, nas outras apps, o apoio ao cliente prontamente resolve os problemas dos utilizadores, a Uber Eats tende a "engonhar" um bocado.

Portugal é o primeiro país do mundo a contar com o serviço Médico em Casa da Uber Eats

Inicialmente, o serviço estará disponível na área metropolitana de Lisboa, com planos para uma rápida expansão para outros grandes centros urbanos do país.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Biografia de Elvis Presley nos cinemas ganha novo trailer

Elvis, o próximo grande filme de Baz Luhrmann, tem novo poster e trailer.

Netflix confirma a segunda temporada de Bienvenidos a Edén

Nova série espanhola da Netflix está a fazer enorme sucesso por todo o mundo.

Temtem sai do early-access com lançamento oficial em setembro

A versão final desta alternativa a Pokémon está finalmente a caminho.