Rocket. Nova plataforma de delivery chega a Portugal com entregas grátis

Encomendar refeições sem pagar a entrega? Com a Rocket já é possível.

- Publicidade -

É bom que a Uber Eats, Glovo, Bolt Food e a Please se preparem. Acaba de chegar ao mercado português uma nova plataforma de entrega de comida, a Rocket.

Fundada por Aleksey Lukhymchuk e Stanislav Dmitrik, a app conta com uma interface user-friendly, está disponível para iOS e Android e oferece aos seus clientes uma multiplicidade de benefícios, sendo o principal deles a entrega gratuita – a Rocket não cobra nenhuma taxa de entrega ou serviço aos seus clientes e não há um valor mínimo de pedido.

O objetivo é realizar as entregas em 30 minutos ou menos e têm descontos e ofertas diárias. Durante o lançamento em Portugal, a app oferece até 70% de desconto em restaurantes selecionados.

De momento, a plataforma está a funcionar em apenas algumas zonas de Lisboa, onde já conta com mais de 100 restaurantes disponíveis na app. Obviamente, o plano a curto prazo da Rocket é estabelecer parcerias com vários restaurantes, permitindo que os seus clientes tenham uma ampla variedade de opções.

A sustentabilidade é também uma preocupação constante da plataforma e por isso os talheres são disponibilizados apenas como complemento na aplicação e todos os sacos de entregas são feitos a partir de materiais reciclados.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Estafetas manipulam GPS para ganharem vantagem nas plataformas de delivery

A Uber sabe disso e já começou a avisar quem está a "jogar sujo".

A Tá Pronto tem uma nova imagem mais moderna

De modo a gerar relevância e empatia com os consumidores.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Inaugurado primeiro Espaço Cidadão numa unidade de saúde

Algo que vem facilitar ainda mais a vida aos cidadãos.

Clockwork Aquario – Uma nova oportunidade para este clássico perdido

Anteriormente cancelado, o título da Westone regressa à vida graças à conversão da Inin Games.

Crítica – Resident Evil: Welcome to Raccoon City

Infelizmente, ainda não foi desta que surgiu um filme genuinamente bom de uma adaptação de Resident Evil para o grande ecrã.