Salvador Sobral dá concerto único no EDP Cool Jazz

- Publicidade -

Salvador Sobral assume a curadoria do dia 18 de julho na 15ª edição do festival EDPCOOLJAZZ, além de ir apresentar um espetáculo único. Esperem um repertório diverso e inédito que viaja entre os standards de jazz icónicos até à América do Sul mais quente, e claro está, os êxitos que o catapultaram para um patamar de maior reconhecimento.

O artista português, que já em 2016 tinha atuado no festival (numa noite mágica com The Cinematic Orchestra), tem para a noite deste ano de 2018 uma carta branca em que partilha com o público uma viagem pelas suas maiores influências: os standards de jazz que o fizeram querer ser igual a Chet Baker, a bossa-nova de João Gilberto e outros ícones da música brasileira, não faltando os boleros e doces sonoridades da América Latina.

Na mesma noite atua o angolano Toty Sa Med, um artista pelo qual Salvador Sobral nutre enorme respeito, e que decidiu convidar para se juntar nesta noite especial.

Depois de anos a repartir palcos entre Mafra, Sinta, Oeiras e Cascais, a 15ª edição do EDP CoolJazz fixa-se agora em Cascais, concentrando-se os concertos no Hipódromo. Anteriormente, a organização confirmou concertos de David Byrne, a 11 de julho, BADBADNOTGOOD, no dia 17, Gregory Porter, no dia 20, Jessie Ware e Jordan Rakei no dia 26 de julho, Van Morrison, no dia 28, e Norah Jones, no dia 31. Os bilhetes para estes concertos estão à venda.

Quem tiver adquirido bilhetes para este espetáculos com referência a Oeiras, pode ficar descansado, pois os mesmos são válidos para o novo espaço do Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, exatamente nos mesmos lugares.

O festival aconteceu pela primeira vez em 2004, e, desde então, já acolheu mais de 130 concertos e 300 mil espetadores.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes