fbpx

Jessie Ware confirmada no EDP Cool Jazz

Depois de concertos cancelados no NOS Alive e, mais recentemente, no Vodafone Mexefest do ano passado, Jessie Ware está agora de regresso a Portugal para um concerto a 26 de julho no EDP Cool Jazz.

Jessie Ware é considerada uma das melhores vozes da atualidade da nova Soul, sendo responsável por êxitos como “Midnight”, “Say You Love Me” ou “Alone”. Os bilhetes já estão à venda e custam 30€ para a plateia e 40€ para a plateia VIP. O concerto tem início previsto para as 20h no Parque Marechal Carmona, em Cascais.

Depois de anos a repartir palcos entre Mafra, Sinta, Oeiras e Cascais, a 15ª edição do EDP CoolJazz fixa-se agora em Cascais, concentrando-se os concertos no Hipódromo. Anteriormente, a organização confirmou concertos de David Byrne, a 11 de julho, Van Morrison, no dia 28, e Gregory Porter, no dia 20. Os bilhetes para estes concertos também estão à venda.

Quem tiver adquirido bilhetes para este espetáculos com referência a Oeiras, pode ficar descansado, pois os mesmos são válidos para o novo espaço do Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, exatamente nos mesmos lugares.

O festival aconteceu pela primeira vez em 2004, e, desde então, já acolheu mais de 130 concertos e 300 mil espetadores.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,789FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
631SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Cascais vai ter visitas guiadas gratuitas pelo município até final do ano

O município de Cascais está de portas abertas e mais preparado do que nunca para receber...

Mayra Andrade no Coliseu do Porto – Um regresso pleno de brilho

Foram quase duas horas de um espetáculo emotivo, intenso e de grande partilha.

IDLES vêm apresentar novo álbum a Portugal em junho de 2021

E para isso nada melhor que um concerto em nome próprio, claro.
- Publicidade -

Mais Recentes

LISBOA ZERO. A plataforma que vem combater o desperdício alimentar

Esta plataforma tem como cidade piloto Lisboa, mas o objetivo é ser replicada mundialmente, combatendo o desperdício alimentar.

Crítica – Greenland

Um par de cenas entusiasmantes e um elenco decente não conseguem livrar Greenland do desastre que é.