NOS Primavera Sound: Passaram 75 mil pessoas pelo festival

É o que diz a organização. No total, durante os três dias do NOS Primavera Sound 2019, passaram 75 mil festivaleiros pelo Parque da Cidade, no Porto. Entre os nomes maiores tínhamos Solange, Interpol, J Balvin, James Blake, Rosalía e Erykah Badu.

- Publicidade -

“Apesar do mau tempo do primeiro dia e das várias adversidades sentidas, o festival decorreu com naturalidade”, diz o comunicado de imprensa enviado às redações.

Esta foi, assim, mais um edição de sucesso do NOS Primavera Sound, embora com muita polémica à mistura, principalmente pela adição de J Balvin ao cartaz deste ano e por uma aposta na música dita urbana.

Entretanto, e como já tínhamos divulgado, já são conhecidas as datas para a edição de 2020: 11, 12 e 13 de junho. E também já temos uma confirmação: são os Pavement, que se reúnem em exclusivo para o Primavera Sound, tanto do Porto como da versão de Barcelona.

Além disso, também ficámos a saber que, no próximo ano, o Primavera Sound vai ter uma edição em Los Angeles.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,360FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Sonic Blast já tem datas para 2021

A 10ª edição do festival irá, também, realizar-se num novo recinto.

Música: Álbuns essenciais (outubro)

Há poucos paralelismos com o mês de setembro, na medida em que tudo estava controlado até meio do mês.

Ghostemane regressa a Portugal em novembro de 2021

Ainda este ano, antes da pandemia, Ghostemane deu espetáculos em Portugal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Mank

Mank é uma homenagem bonita de David Fincher a Citizen Kane, que deixaria o seu pai tremendamente orgulhoso. Tecnicamente perto da perfeição, mas com alguns problemas narrativos.

Fórmula 1 – Grande Prémio do Bahrain mostra a importância do Halo

O impressionante acidente que deixou o carro de Romain Grosjean em chamas relembra a importância do Halo e de todas as medidas de segurança na prova rainha do desporto automóvel.

Análise – The Pathless

Despido de excessos, The Pathless apresenta um dos mundos abertos mais convidativos e misteriosos à exploração.