NOS Alive é o primeiro festival de música a fazer parceria com as Nações Unidas

O objetivo é o de promover a sustentabilidade e de dar visibilidade aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU. A nível mundial, esta é uma parceria inédita com o Centro de Informação das Nações Unidas, sendo que o NOS Alive é o primeiro festival de música a comprometer-se com este projeto de responsabilidade social. São 17 os objetivos a atingir até 2030, num compromisso que tem como pilares os chamados 5 P’s: paz, pessoas, parcerias, prosperidade e planeta. Erradicar a pobreza, igualdade de género, ação climática, comunidades e cidades sustentáveis são alguns dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que o NOS Alive se compromete a abraçar e a trabalhar para que sejam cada vez mais uma realidade.

Assim, o festival, enquanto um dos maiores eventos organizados em Portugal, quer contribuir para esta causa assumindo o compromisso de não só continuar a encetar esforços para ser um evento cada vez mais sustentável nas suas diversas dimensões, mas também ajudar a Organização das Nações Unidas a dar visibilidade a esta Agenda.

Muito em breve serão dadas a conhecer as novidades desta parceria, assim como o trabalho que o NOS Alive desenvolve diariamente para continuar a ter um grande impacto cultural com o menor impacto possível para o planeta.

Até ao momento, o NOS Alive anunciou Future Islands, Mallu Magalhães, Queens Of The Stone Age, Real Estate, The National, Wolf Alice, Pearl Jam, Two Door Cinema Club, Franz Ferdinand, Friendly Fires, At The Drive In, Khalid, Perfume Genius, Portugal. The Man., CHVRCHES, Rag’n’Bone Man, The Kooks, Marmozets, Yo La Tengo, Snow Patrol, Eels, Jack White, MGMT, Alice in Chains, Sampha, Nine Inch Nails, Arctic Monkeys, The Last Internationale, Black Rebel Motorcycle, Jain, Miguel Araújo e Bryan Ferry.

Também já são conhecidos os nomes do palco Coreto para dia 12 de julho, dedicado a uma batalha de produtores de hip-hop luso, para dia 13 de julho, que conta com Surma, Beatriz Pessoa, Minta & The Brook Trout e Bernardo, e para dia 14, último dia do festival, com atuações de 800 Gondomar, Cachupa Psicadléica, Mighty Sands, Primeira Dama e Lotus Fever.

O festival de verão da Everything is New já tem esgotado o bilhete diário de 14 de julho e o passe geral de três dias a sete meses do evento, feito único na história dos festivais em Portugal. De momento, a hipótese passa por comprar bilhete diário para dia 12 ou 13 de julho ou adquirir o novo passe de dois dias.

O NOS Alive’18 está de regresso ao Passeio Marítimo de Algés nos dias 12, 13 e 14 de julho de 2018.


Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,238FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

NOS Alive. Bilhetes anteriormente adquiridos têm de ser trocados para a edição de 2021

A organização do NOS Alive recebeu finalmente as indicações governamentais para responder às questões relacionadas com bilhetes previamente adquiridos.

Há mais uma reconfirmação para o NOS Alive 2021

Depois dos Da Weasel, Angel Olsen junta-se à edição do próximo ano.

NOS Alive já tem datas para 2021. Da Weasel confirmados no cartaz

"Este será o primeiro julho sem NOS Alive", começa por dizer a Everything is New em comunicado oficial.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Roaming. Yorn vai dar mais gigas para usar no estrangeiro

Uma boa novidade que a empresa tem vindo a implementar cada vez que começa um novo ano.

Liga dos Campeões fica na ELEVEN até 2024

A melhor competição de clubes de futebol da Europa, e a mais prestigiada a nível mundial, continuará assim a ser transmitida na totalidade nos canais da ELEVEN por mais três temporadas.