Apple TV chegou a algumas smart TVs da Sony

Depois da Samsung e LG, é a vez da Sony contar com a app da marca da maçã.

Apple TV Sony
- Publicidade -

Com o passar do tempo, e consequentemente com um catálogo mais forte, é perfeitamente natural que a Apple queira fazer chegar o seu serviço Apple TV+ a vários equipamentos. Agora, depois das TVs da Samsung, Roku, LG e Amazon Fire TV, eis que a app Apple TV acaba de ficar disponível em smart TVs da Sony selecionados.

O que se sabe de momento é que os modelos da série XH90 podem agora ter acesso à app Apple TV através de uma atualização de software. Até final do ano, a Sony já fez saber que alguns modelos de 2018, bem como a maioria dos modelos de 2019 e 2020, ficarão também com acesso à aplicação.

Recorde-se que podem subscrever a Apple TV+ na app Apple TV nos smart TVs da Sony, iPhone, iPad, Apple TV, iPod touch, Mac e outras plataformas por 4,99€/mês.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Já há data de estreia para a segunda temporada de Ted Lasso

A comédia de sucesso da Apple regressa daqui a três meses.

Sport TV ganha app dedicada para Android TV e Apple TV

Basta então que tenham a box da Apple ou, então, uma box Android TV ou smart TV que suporte esse sistema operativo.

LG vai disponibilizar o seu webOS para Smart TVs de marcas parceiras

O que significa que televisores de marcas como a Hyundai, Polaroid, Sunny e afins poderão utilizar o sistema operativo desenvolvido pela conhecida marca sul-coreana.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Chegou o primeiro gin de flor de cânhamo português

A par do gin, a marca O Benefício lança também os seus primeiros NFTs numa peça visual musical de 700 segundos.

Este e-book vai ajudar a escolher uma licenciatura

Procuram um curso para construir uma carreira de sonho? Então é melhor terem uma ajudinha.

miio Pay. Nova funcionalidade permite pagamentos ocasionais, sem contrato, para o carregamento de veículos elétricos na rede pública

Ou seja, não pressupõe a existência de um cartão de carregamento físico, de um contrato ou a adesão a um serviço.