Mais recentes

Luís Franco-Bastos abre o coração de forma cómica e partilha a vida em Diogo

O título deste artigo pode ser muito profundo, mas as gargalhadas estão garantidas em cerca de hora e meia de um texto bem construído e com bastante ritmo.

Crítica – Bad Behaviour (Sundance 2023)

Bad Behavior é um daqueles filmes com os quais simplesmente não me consigo identificar de forma alguma.

Mão Morta + Pedro Sousa = Tricot na Culturgest – Fazer da sala o nosso estúdio

Não correu nada mal. E estamos todos calmos e leves, mas melhores no fim.

Crítica – Polite Society (Sundance 2023)

O seu argumento genérico não traz grandes surpresas, o que basicamente faz com que a diversão do espetador dependa exclusivamente da sensação e dos visuais loucos de Polite Society.

Crítica – Sometimes I Think About Dying (Sundance 2023)

Como diz uma personagem, "é difícil ser uma pessoa".

Crítica – The Pod Generation (Sundance 2023)

Num local qualquer, numa realidade paralela, há certamente um guião um pouco mais coeso, repleto de cenas de diálogo inspiradoras que aproveitam ao máximo os excelentes atributos técnicos de The Pod Generation.

Crítica – Onyx the Fortuitous and the Talisman of Souls (Sundance 2023)

Onyx the Fortuitous and the Talisman of Souls não é para todos, mas pode muito bem surpreender.

Crítica – Alice, Darling

Alice, Darling aborda de forma brilhante o tema sensível de abuso em relações amorosas.

Crítica – JUNG_E

JUNG_E não é aquilo que os espetadores esperam.

Crítica – The Last of Us (Série HBO Max)

The Last of Us é a primeira adaptação live-action de um videojogo que consegue, finalmente, quebrar a maldição frustrante e atingir um nível de excelência notável sem precedentes.

Crítica – M3GAN

M3GAN não reinventa o subgénero respetivo de robots assassinos ou de AI que se vira contra os humanos, mas manteve-me entretido e investido o tempo todo.