Wonder Woman 1984 adiado para o verão de 2020

Os fãs da Mulher Maravilha vão ter que esperar mais um pouco pela sua próxima aventura no cinema.

- Publicidade -

Com data inicial prevista para novembro de 2019, ou seja, sensivelmente daqui a um ano, a Warner Bros. empurrou a estreia de Wonder Woman 1984 para sete meses no futuro, mais precisamente para 5 junho de 2020.

O anúncio foi dado pela própria Mulher Maravilha, Gal Gadot, que recorreu ao Twitter para deixar a mensagem, com muito entusiasmo:

Segundo um representante da Warner Bros. esta mudança tem a ver com o período do ano em que o filme será lançado e que o verão será, certamente, uma melhor aposta.

!Nós tivemos um sucesso tremendo em lançar o primeiro Wonder Woman durante o verão, portanto, quando vimos uma oportunidade de mudar o panorama num ambiente competitivo, nós fazemo-lo.”, conta Jeff Goldstein, presidente de distribuição na Warner Bros. em comunicado, referindo-se, obviamente, ao facto de ser um filme de super-heróis com uma forte representação feminina durante o período dos grandes blockbusters.

Wonder Woman 1984 volta a reunir Gadot com a realizadora Patty Jenkins e o ator Chris Pine. Ao elenco juntam-se Pedro Pascal e Kristen Wiig, que será a grande vilã de Wonder Woman.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Crítica – Evangelion: 3.0+1.01 Thrice Upon a Time

Evangelion: 3.0+1.01 Thrice Upon a Time chega finalmente ao ocidente através da Amazon Prime, terminando a longa série anime, que marcou e traumatizou gerações, de forma vitoriosa e emocional.

Bem Bom é o filme português mais visto desde 2019

Já precisávamos de boas notícias.

Nova trilogia de O Exorcista vai chegar ao cinema

E imagine-se, vai contar com a participação de Ellen Burstyn, que entrou no filme original de 1973.

Dragon Ball Super: Super Hero é o nome do novo filme

Foi revelado o teaser que anuncia esse mesmo nome, bem como um primeiro olhar ao design de algumas personagens.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio da Hungria fica para a história graças a um Alpine e a um Mercedes

O Grande Prémio da Hungria fica marcado por uma primeira volta cujos acontecimentos, proporcionados em grande parte pelo Mercedes nº 77, conseguiram meter 5 pilotos de fora, mas também pela vitória de Esteban Ocon e ainda por termos não um, mas dois carros da Williams nos pontos.

Preparem a carteira: Combustíveis voltam a aumentar de preço já amanhã

Começa a ser um mau hábito, mas os portugueses não conseguem fugir desta realidade.