fbpx

The Handmaid’s Tale, Veep, Big Little Lies e Saturday Night Live saem vencedores nos Emmys

Foi a 69ª edição dos Emmys. A cerimónia durou sensivelmente cinco horas e meia, teve apresentação a cargo de Stephen Colbert e os vários intervenientes mandaram farpas ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Sem Game of Thrones nomeado – atrasos nas gravações e estreia da nova temporada deixaram a série de fora dos prémios deste ano – houve espaço para velhas e novas séries saírem nomeadas do evento. Assim, The Handmaid’s Tale, Veep, Big Little Lies e Saturday Night Live foram as grandes vencedoras da edição de 2017 dos Emmys.

The Handmaid’s Tale é uma série dramática da plataforma de streaming Hulu, que aqui se torna a primeira plataforma do género a vencer o prémio principal dos Emmys, e, consequentemente, o prémio principal da televisão nos Estados Unidos da América, ao ser galardoada com o prémio de Melhor Série Dramática.

The Handmaid’s Tale é baseada na adaptação do romance de Margaret Atwood, que fala sobre uma América dominada por puritanos e que retrata a violência contra as mulheres ao fazer com que as senhoras de classe baixa e média tenham obrigatoriamente de ser usadas como barriga de aluguer contra a sua vontade. No fundo, falamos de uma série onde as mulheres perdem os seus direitos e onde apenas os mais ricos conseguem prevalecer.

A plataforma de streaming Hulu – não está disponível em Portugal – conseguiu assim arrecadar oito estatuetas para a série, entre os quais de Melhor Série Dramática, Melhor Atriz de série dramática (Elisabeth Moss) e Melhor Atriz Secundária (Ann Dowd), só para contar alguns.

Passando para Veep, do canal HBO, além da série ter ganho o prémio de Melhor Série de Comédia, Julia Louis-Dreyfus, que dá vida à incompetente e egoísta Selina Meyer no pequeno ecrã, voltou a levar para casa o prémio de Melhor Atriz de Comédia, naquele que já é o seu oitavo galardão. O nosso conselho é que nem tentem competir com esta senhora, pois ela fulmina a concorrência.

Saturday Night Live (SNL), transmitido em Portugal pelo canal SIC Caras, foi a série com mais estatuetas ganhas na cerimónia, um total de nove prémios, distribuídos por Alec Baldwin (Melhor Ator Secundário), Kate McKinnon (Melhor Atriz Secundária), por exemplo, e outras categorias como Melhor Programa de Variedade e Sketches, algo que já não conseguia há mais de 20 anos.

Big Little Lies, minisérie da HBO, saiu galardoada com o prémio de Série Limitada, tendo premiado Nicole Kidman (Melhor Atriz em Série Limitada ou Telefilme), Alexander Skarsgaard (Melhor Ator Secundário em Série Limitada ou Telefilme) e Laurda Dern (Melhor Atriz Secundária em Série Limitada ou Telefilme).

Séries como This is Us, The Crown, Atlanta e The Night Of também premiaram os seus atores com galardões.

Houve, também, perdedores nos Emmys. The Crown, como falámos, que é uma produção caríssima da Netflix, ganhou apenas um prémio. Westworld, por exemplo, saiu sem estatuetas principais. Resta saber se a coisa irá mudar de figura quando estrearem as novas temporadas das respetivas séries.

Podes ver toda a lista de vencedores aqui.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Aqui está a nova versão do Yorn Shake It. E desta vez é dedicada ao desporto

A nova coleção Yorn Shake It irá decorrer até 15 de outubro deste ano.

Coleção atual do Yorn Shake It prolongada até 30 de abril

Agora, têm até às 23h59 do dia 30 de abril deste ano para juntarem o máximo de cartas/autocolantes possível, de modo a que possam garantir algum prémio.

Os prémios Razzie 2020 foram antecipados e Cats foi o pior filme

Este ano, o grande vencedor, ou neste caso perdedor, foi o filme Cats, a bizarra adaptação do musical da Brodway, que acumulou seis prémios.

Hotel Casa Palmela entre os nomeados para o melhor Wine Hotel de Portugal

O Hotel Casa Palmela – Hotel Arrábida está nomeado para a categoria Wine Hotel do Publituris Trade Awards 2020, prémios que distinguem os melhores da indústria turística portuguesa.
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Análise – Xiaomi Mi TV Stick

A pen que transforma uma TV antiga numa SmartTV.