“Variações” é o primeiro filme português a ser exibido com tecnologia Dolby Atmos

Chega já esta quinta-feira às salas de cinema o mais recente filme do realizador João Maia, que retrata a primeira estrela pop portuguesa e uma das figuras mais exuberantes do nosso país. Falamos de Variações, o filme de tributo a António Variações.

- Publicidade -

Com Sérgio Praia no papel de António Variações, Variações relembra o percurso biográfico do músico, com especial enfoque no período entre 1977 e 1981. Do elenco destacam-se também outros atores como Filipe Duarte, Victoria Guerra, Teresa Madruga, Augusto Madeira, Afonso Lagarto, Tomás Alves e José Raposo, entre outros.

A novidade aqui é que Variações é o primeiro filme português exibido com tecnologia Dolby Atmos. Na prática, fará com que os espetadores tenham uma experiência sonora mais imersiva. Cinemas NOS Vasco da Gama (Lisboa), Oeiras Shopping (Oeiras), Fórum Almada (Almada), Évora Plaza (Évora), Mar Shopping (Almancil), Parque Nascente (Gondomar), Braga Parque (Braga) e CINEPLACE Nova Arcada (Braga) são as salas de Cinema Dolby Atmos que terão o filme em exibição.

Quanto à banda sonora do filme, será editada a 23 de agosto pela Sony Music Portugal, um dia depois da estreia, em formato físico e digital e conta com “Quero dar nas vistas”, um tema inédito recriado por Armando Teixeira (dos Balla) para o filme.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Snake Eyes recebe um primeiro trailer cheio de estilo

G.I. Joe recomeça de novo com um spin-off.

Crítica – Luca

Luca segue de perto as fórmulas de sucesso dos estúdios da Pixar sem se desviar por caminhos únicos, mas mesmo assim conta uma história cativante com personagens relacionáveis que chegam ao coração dos espectadores.

Crítica – Godzilla vs. Kong

Godzilla vs. Kong é um regresso em forma do divisivo MonsterVerse. Desde CGI genuinamente impressionante e visualmente orgásmico até às lutas entre monstros repletas de adrenalina e energia, este filme é a definição de puro entretenimento de blockbuster.

Crítica – The Conjuring: The Devil Made Me Do It

The Conjuring: The Devil Made Me Do It é, sem dúvida, a parte mais fraca da trilogia, mas continua bem longe do nível de "horrível" dos piores filmes desta saga de horror.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

adidas Superstar ganham uma edição em LEGO

adidas em LEGO e adidas com LEGO.

Snake Eyes recebe um primeiro trailer cheio de estilo

G.I. Joe recomeça de novo com um spin-off.

Bright Memory: Infinite recebe um novo trailer cheio de ação

A sequela do jogo que começou a ser desenvolvido por apenas uma pessoa parece incrível.