Uber Eats pode ficar mais parecido com a Glovo e motoristas Uber vão fazer entregas de supermercados

É mais que certo que boa parte dos negócios está a sofrer bastante com o surto de COVID-19. E a Uber não é exceção, tendo não só os motoristas registado muito menos pedidos na plataforma, mas também os próprios estafetas do Uber Eats estão com menos trabalho. Afinal, e mesmo que os restaurantes sigam todas as indicações da Direção Geral de Saúde, muitos clientes optam por não fazer encomendas, preferindo cozinhar em casa.

- Publicidade -

Tendo em isto em conta, a Uber quer reinventar-se. Como? Tornando o serviço Uber Eats mais parecido com o da Glovo e fazendo que os motoristas passem a fazer entregas de encomendas de super e hipermercados.

Eats

Em comunicado, a Uber refere que, no que ao Uber Eats diz respeito, o que se pretende é permitir que os utilizadores comprem “produtos de conveniência através da aplicação”, como produtos de mercearia. A ideia parece ótima, mas, para já, a empresa não se compromete com datas.

Já a outra novidade, a de entrega de compras ao domicílio, está mais certa.

“A Uber está a desenvolver uma nova solução B2B, o Uber Drop-Off. Este produto está a ser desenvolvido em Portugal para ajudar a escala e a capacidade logística de retalhistas e empresas de bens de consumo a terem entregas com a comunidade de motoristas que viaja com a Uber em Portugal”, esclarece a empresa na mesma nota.

Ou seja, e como é uma solução de e para empresas, o que se pretende é que sejam as próprias retalhistas a solicitar à Uber a recolha e respetiva entrega de cada encomenda para que, depois, chegue mais rapidamente à casa de um cliente.

No que toca a outras medidas relacionadas com a pandemia, a Uber decretou que “nenhum utilizador pode ocupar o banco dianteiro junto ao motorista e que deve ser assegurada a renovação do ar interior do veículo e a limpeza das superfícies”. A empresa restringiu “também a lotação dos veículos TVDE disponíveis na aplicação passando a capacidade máxima dos produtos UberX, UberGreen, UberComfort e UberBlack a ser de 3 utilizadores e do UberXL a 5 utilizadores”.

Fonte:Uber Eats
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Uber junta-se à Unilabs para testes de rastreio à COVID-19 no domicílio

Essencialmente, um motorista Uber irá levar um técnico de colheitas devidamente habilitado da Unilabs ao domicílio de um cliente que tenha requisitado o serviço, com equipamento de proteção individual para a recolha da amostra.

Ameaça Vegetal. Há um novo restaurante virtual flexitariano no Uber Eats

A nova proposta gastronómica de Diogo Noronha ameaça conquistar Lisboa.

Pratos do restaurante 100 Maneiras já podem ser pedidos através do Uber Eats

Basta agarrar no smartphone e pedir. Não sabemos se esta novidade foi despoletada pelo sucesso de Hell's Kitchen, novo programa...

Sabiam que podem oferecer presentes (pedidos Uber Eats) ao vossos amigos e familiares?

Contudo, a funcionalidade parece não funcionar para qualquer restaurante.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

La Picanha ganha novo espaço em Setúbal já em maio

Vai ter uma mega esplanada, o que é ótimo tendo em conta a pandemia.

Fórmula 1 – Grande Prémio de Emilia Romagna com emoção até à última volta

Depois de 15 dias de pausa, a prova rainha do desporto automóvel está de regresso para o Grande Prémio de Emilia Romagna, em Itália.

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.