Uber Eats pode ficar mais parecido com a Glovo e motoristas Uber vão fazer entregas de supermercados

- Publicidade -

É mais que certo que boa parte dos negócios está a sofrer bastante com o surto de COVID-19. E a Uber não é exceção, tendo não só os motoristas registado muito menos pedidos na plataforma, mas também os próprios estafetas do Uber Eats estão com menos trabalho. Afinal, e mesmo que os restaurantes sigam todas as indicações da Direção Geral de Saúde, muitos clientes optam por não fazer encomendas, preferindo cozinhar em casa.

Tendo em isto em conta, a Uber quer reinventar-se. Como? Tornando o serviço Uber Eats mais parecido com o da Glovo e fazendo que os motoristas passem a fazer entregas de encomendas de super e hipermercados.

Eats

Em comunicado, a Uber refere que, no que ao Uber Eats diz respeito, o que se pretende é permitir que os utilizadores comprem “produtos de conveniência através da aplicação”, como produtos de mercearia. A ideia parece ótima, mas, para já, a empresa não se compromete com datas.

Já a outra novidade, a de entrega de compras ao domicílio, está mais certa.

“A Uber está a desenvolver uma nova solução B2B, o Uber Drop-Off. Este produto está a ser desenvolvido em Portugal para ajudar a escala e a capacidade logística de retalhistas e empresas de bens de consumo a terem entregas com a comunidade de motoristas que viaja com a Uber em Portugal”, esclarece a empresa na mesma nota.

Ou seja, e como é uma solução de e para empresas, o que se pretende é que sejam as próprias retalhistas a solicitar à Uber a recolha e respetiva entrega de cada encomenda para que, depois, chegue mais rapidamente à casa de um cliente.

No que toca a outras medidas relacionadas com a pandemia, a Uber decretou que “nenhum utilizador pode ocupar o banco dianteiro junto ao motorista e que deve ser assegurada a renovação do ar interior do veículo e a limpeza das superfícies”. A empresa restringiu “também a lotação dos veículos TVDE disponíveis na aplicação passando a capacidade máxima dos produtos UberX, UberGreen, UberComfort e UberBlack a ser de 3 utilizadores e do UberXL a 5 utilizadores”.

Fonte:Uber Eats
- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Viajar com a Uber a partir do Aeroporto de Lisboa ficou mais caro

Mas só entre um determinado período de tempo.

Uber Eats tem agora pontos de entrega virtuais nas praias de norte a sul de Portugal

Agora podem perfeitamente ir à praia e nem sequer levar comes e bebes.

Uber Eats aposta em entregas pop-up este verão

Uma reforço da operação em locais mais procurados na época balnear.

Uber é a operadora TVDE com mais reclamações

O que é perfeitamente natural, dado que é o serviço mais utilizado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.