Torres Novas vai ganhar um novo museu muito em breve

- Publicidade -

O núcleo museológico da recém restaurada Central do Caldeirão é inaugurado no início de maio.

Torres Novas tem apostado na recuperação e melhorias do centro histórico. Para breve, está prometido um projeto – o Projeto Vila – que tem o intuito de melhorar e digitalizar essa zona da cidade, além da substituição de uma das principais pontes vai ser substituída, como já foi confirmado em reunião de câmara. E há mais novidades para breve.

A antiga Central Hidroelétrica, ou Central do Caldeirão, responsável pela produção e distribuição de energia elétrica na cidade desde as primeiras décadas do século XX, foi recuperada, assim como várias peças museológicas existentes, o que deu origem a um núcleo museológico. A inauguração está marcada para dia 1 de maio, pelas 10h30.

Do programa de inauguração fazem ainda parte as visitas livres ao espaço museológico (das 13h às 15h e das 18h às 20h); visitas orientadas, no máximo, com 30 pessoas, mediante marcação prévia, das 15h às 17h; e um concerto gratuito de Nelson Conceição, às 18h30, na black box do edifício.

A coleção de arqueologia industrial original foi intervencionada e recuperada, constituindo agora um repositório de memórias da vila operária de Torres Novas. Para este trabalho, foram tidos em consideração os testemunhos dos antigos funcionários da Central e foram salvaguardadas as características arquitetónicas do edifício, bem como a recuperação da maquinaria existente.

O edifício tem ainda condições para acolher ações culturais e de dinamização social e económica, incluindo um restaurante, um espaço multiusos para espetáculos, serviços e um pequeno jardim exterior com vista para a tarambola.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

Mais recentes