The Alchemist, Parcels e Princess Nokia no Super Bock Super Rock

Nos dias 19, 20 e 21 de julho, o ecletismo volta a ser um dos pontos fortes do Super Bock Super Rock. E há grandes novidades para dois desses palcos: Parcels e Princess Nokia atuam no Palco EDP nos dias 19 e 20, respetivamente, e The Alchemist (DJ que acompanha Eminem) atua no Palco Somersby no dia 20 de julho.

- Publicidade -

Alan Daniel Maman é The Alchemist para o mundo da música, um dos principais produtores da atualidade. Juntamente com Scott Caan, filho de James Caan, formou um duo chamado The Whooliganz e, em 1993, chegou o primeiro single “Put Your Handz Up”. Não tendo o sucesso alcançado, Al concentrou-se no processo de produção e, desde então, trabalhou com nomes como Evidence, Dilated Peoples, Mobb Deep, Nas, Fat Joe, Jad Kiss ou Snoop Dog.

Além de todo este trabalho enquanto produtor, tem também três discos a solo: 1st Infantry, No Days Off e Chemical Warfare. Atualmente é o DJ principal de Eminem, com quem segue em digressão neste ano de 2018.

Os Parcels nasceram na Austrália, na cidade costeira de Byron Bay, mas entretanto fixaram-se em Berlim, na Alemanha. O currículo de Patrick Hetherington, Louise Swain, Noah Hill, Anatole Serret e Jules Crommelin revela um percurso diverso que vai desde o metal ao folk, o que que acaba por influenciar o som desta nova banda, formada no ano de 2014. O EP Hideout revela um electro-pop apaixonado pela década de 70, sem vergonha de usar sintetizadores para alimentar o seu funk, com ecos da banda Chic ou até dos saudosos Bee Gees. Já no ano passado editaram o single “Overnight”, um irresistível convite à dança.

Princess Nokia é um dos nomes mais promissores do hip hop mundial. Em 2014 editou o primeiro disco, Metallic Butterfly, com vários géneros e influências para a construção da sua própria linguagem. E o sucesso do disco 1992 Deluxe é apenas a confirmação de que estamos diante de uma estrela. Este registo conquistou o público e a crítica, merecendo mesmo estar incluído em algumas listas dos melhores de 2017.

Até agora, o Super Bock Super Rock tem confirmados os nomes de The xx, Justice, Lee Fields & The Expressions, TORRES, Mahalia Burkmar e The Vaccines (19 de julho), Travis ScottAnderson .Paak & The Free Nationals, Slow J, Tom Misch, Oddisee, Pierre Kwenders e Olivier St. Louis (20 de julho) e Julian Casablancas & The Voidz, Benjamin Clementine, SevdalizaBaxter Dury, Sofi Tukker e Jorja Smith (21 de julho).

Também já é conhecida a programação completa do palco LG.

O Super Bock Super Rock decorre de 19 a 21 de julho no Parque das Nações, em Lisboa, e os bilhetes já estão à venda por 55€ (bilhete diário) e 109€ (passe de três dias). Está ainda disponível o Fã Pack FNAC de Natal em quantidade limitada por 95€, que inclui o passe de três dias e uma t-shirt oficial. Há ainda opção de bilhete diário VIP (150€) e passe de três dias VIP (260€), que dá acesso à área reservada na frente do palco e, claro, acesso à zona VIP.

Os preços apresentados ficam ativos ao dia 30 de junho. A partir de 1 de julho, o bilhete diário passa a 60 euros e o passe de três dias passa a 114 euros. Já o bilhete diário VIP passa a 155 euros e o Passe VIP a 265 euros.


Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,385FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

DaBaby é a novidade no cartaz do Super Bock Super Rock

Se tudo correr dentro do planeado, a Herdade do Cabeço da Flauta, junto à praia do Meco em Sesimbra, voltará a receber o Super Bock Super Rock de 15 a 17 de julho de 2021.

Música: Álbuns essenciais (maio)

Depois de abril ter sido marcado pelo regresso dos The Strokes, mas principalmente pelo novo álbum de Fiona Apple, o disco mais incrível de 2020, chegamos a maio com as expetativas em alta.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Clientes Revolut já podem aceder às suas contas através do PC

Está agora disponível uma web app online para clientes.

Behemoth e Arch Enemy dão concertos em Portugal em outubro do próximo ano

Duas das mais aplaudidas bandas do metal extremo contemporâneo: de um lado, um grupo clássico do death metal; do outro, um dos projetos emergentes mais interessantes dos últimos anos.