fbpx

A SIBS já produz cartões em PVC biodegradável

É mais uma empresa preocupada com o impacto ambiental. A SIBS acaba de anunciar que começou a produzir cartões em PVC Biodegradável, sendo, assim, uma alternativa mais sustentável face ao PVC tradicional. E já podem ser encomendados.

Como é que tudo isto funciona? Bom, esta biodegradabilidade do cartão é conseguida através do sal que se encontra na composição do mesmo e que atua como um aditivo pró-degradante. Ou seja, o processo de degradação do cartão começa assim que o material fica exposto a um ambiente fértil.

A biodegradabilidade do PVC utilizado na fabricação destes cartões foi testada de acordo com o método ASTM D5511, que determina a biodegradação anaeróbica de materiais plásticos.

O consumidor comum pode encomendar estes cartões da SIBS?

Nem por isso. A Unidade de Produção e Personalização de Cartões da SIBS tem exclusivamente como clientes o segmento empresarial, bancário ou não bancário (caso das lojas e marcas), público e privado, pelo que cabe às entidades emissoras selecionar as caraterísticas técnicas de cartão pretendido.

Ou seja, apenas as empresas que encomendem estes cartões é que podem, depois, entregá-los aos clientes. Em todo o caso, estes cartões em PVC Biodegradável podem ser de diferentes tipologias e servir várias utilizações: podem ser bancários, de fidelização ou meros cartões de visita, por exemplo, e para os mais diversos sectores, como hotelaria, desporto, moda, etc.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Qual o impacto do novo coronavírus nos hábitos de consumo dos portugueses?

Não é preciso pensar muito para percebermos que, nas últimas semanas, a economia e sociedade no geral ficaram fortemente afetadas devido ao novo coronavírus. No entanto, pode-se dizer que há dois setores que notaram uma evolução tremenda: o dos supermercados e o das farmácias.

Atenção, há uma “nova” burla relacionada com o MB Way

Quem está familiarizado com o MB Way e está informado sobre os recentes casos de burla relacionados com o serviço, à partida não será enganado. Afinal, fazer transferências MB Way é algo tão simples como colocar o número da pessoa a quem se irá enviar o pagamento. E já está, nada mais simples.

Portal da Queixa. Reclamações com MB Way disparam 169%

Em 2019, o Portal da Queixa registou um total de 102 reclamações relacionadas com o MB Way, serviço da SIBS. Estamos agora a meio do mês de fevereiro, mas o conhecido portal já fez saber que, só em janeiro deste ano, recebeu 86 queixas relativas àquele serviço.

MB Way já é o 2º meio de pagamento mais usado em Portugal

Quem o diz é a fintech portuguesa EuPago, instituição criada em 2015 e especializada no apoio a pagamentos realizados pela internet. A empresa diz que, em termos absolutos, o MB Way é hoje o segundo meio de pagamento mais usado pelos portugueses, surgindo logo a seguir ao Multibanco.
- Publicidade -

Mais Recentes

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.

Grupo Sogevinus inaugurou novo espaço dedicado à degustação de vinhos em Gaia

Entre tonéis e balseiros, o novo espaço permite descobrir todas as referências que compõem o portefólio da Sogevinus e desfrutar de várias experiências.