fbpx

7 dicas para reduzir o desperdício em 2020

Com 2020 já ao virar da esquina, é altura de definir objetivos e metas a concretizar para o futuro. Aqui no Echo Boomer já por diversas vezes falámos sobre reduzir o desperdício, fosse ele relacionado com materiais como o plástico e afins ou com o desperdício de comida e outras coisas, muito graças ao excelente trabalho efetuado por apps como a Too Good to Go ou Phenix.

Assim, entrar em 2020 significa, também, entrar numa nova década, pelo que é urgente começar a reduzir o desperdício nas nossas vidas. Devemos abolir o uso de plásticos descartáveis, devemos apoiar a produção biológico e, se tivermos condições para isso, criar a nossa própria horta.

Cerca de 1/3 de todos os alimentos que produzimos mundialmente acabam no lixo (dados da FAO), o que significa que 1/3 da água, energia, mão-de-obra e outros recursos utilizados na sua produção também acabam no “lixo”. E isto, caros leitores, é um tremendo abuso.

Aliás, segundo um estudo divulgado pelo Fórum Económico Mundial, em 2050 poderá existir mais plástico que peixe nos nossos oceanos, em termos de peso. E isto só poderá ser evitado se o ser humano se unir para evitar esta calamidade.

Dito isto, a Phenix Portugal tem sete dicas simples de adotar para reduzir o desperdício. A saber:

1. Deixar de utilizar plásticos descartáveis

Podemos pensar nas palhinhas plásticas das bebidas que, infelizmente, não são recicláveis. Mas se é indispensável para vocês, pensem em utilizar as alternativas ecológicas, como por exemplo palhinhas de massa, bambu ou inox. Para cada item descartável já existe uma alternativa sustentável.

2. Substituir todos os sacos descartáveis por outros reutilizáveis

Garantimos que é apenas uma questão de hábito. E no final ainda vão poupar dinheiro.

3. Transformar uma divisão da casa em divisão “Zero Waste”

Substituir itens descartáveis de utilização única e trocar produtos embalados em plástico por outros sem embalagem ou com embalagens sustentáveis já não é assim tão difícil. Para ajudar nessa tarefa, uma simples visita a uma loja a granel ou uma pesquisa rápida na Internet vão devolver centenas de resultados nesse sentido.

4. Comprar a granel

Lojas de bairro, mercearias tradicionais, casas a granel, comercio local, mercados… São todos ótimos locais para efetuar compras a granel, onde as embalagens ocupam um lugar secundário ou, quando existem, são habitualmente feitas de materiais reutilizados.

5. Trocar os recipientes para alimentos de plásticos por opções de vidro ou inox

Confessem, já pensam nisto há algum tempo, não?

6. Começar a consumir frutas e legumes de época

Não sabem quais são? Podem sempre espreitar as redes sociais da Phenix Portugal e ver a rubrica dos Alimentos do Mês. Todos os meses a empresa divulga a lista de vegetais e frutas de época. Por serem de época, estes alimentos consomem menos recursos na sua produção, dispensam a utilização de químicos, são mais baratos e possuem uma maior concentração de vitaminas e nutrientes.

7. Consumir no comércio local

Se não sabem por onde começar, a Phenix App, aplicação anti-desperdício, é uma grande ajuda. Para além de ter uma seleção enorme destas lojas, mercearias, restaurantes, padarias, pastelarias, etc., ainda ajudam a reduzir o seu desperdício.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Uber Eats regressa com popular promoção de dois pratos pelo preço de um

Mas atenção, esta promoção só está ativa até 3 de maio.

Bolt Food vai chegar em breve a Portugal. Serviço deverá estrear em Lisboa

O Echo Boomer sabe que alguns parceiros Bolt já começaram a receber mensagens a informar de que o serviço Bolt Food chegaria em breve ao nosso país.

Too Good To Go cria projeto temporário e deixa-nos comprar uma refeição normal para take-away

Basicamente, e de forma excecional, a Too Good To Go deixa que os utilizadores comprem uma refeição normal para take-away diretamente na aplicação.

Too Good To Go já chegou a Braga e a Coimbra

A empresa dinamarquesa acaba de ficar disponível em cidades como Braga e Coimbra, pelo que, a partir de agora, os habitantes dessas cidades podem evitar muito desperdício alimentar.
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Análise – Xiaomi Mi TV Stick

A pen que transforma uma TV antiga numa SmartTV.