RTP estreia documentário sobre os bastidores de Bem Bom

A realizadora Patrícia Sequeira e as quatro protagonistas Bárbara Branco, Carolina Carvalho, Ana Marta Ferreira e Lia Carvalho falam da experiência vivida ao longo de toda a produção.

- Publicidade -

Em paralelo à narrativa do filme realizado por Patrícia Sequeira, que trata de forma romanceada a vida das quatro cantoras das Doce, acompanhando o percurso da banda desde a sua formação em 1979 até ao auge de sucesso no Festival da Eurovisão em 1982, a RTP estreia esta semana o documentário Bem Bom – Realidade e Ficção, que revela os bastidores da produção do filme.

A realizadora Patrícia Sequeira e as quatro protagonistas Bárbara Branco, Carolina Carvalho, Ana Marta Ferreira e Lia Carvalho falam da experiência vivida ao longo de toda a produção, desde os ensaios, passando pelas coreografias até aos intensos dias de rodagem.

Em contraponto, as verdadeiras Doce, Fátima Padinha, Helena Coelho, Teresa Miguel e Laura Diogo, partilham momentos da sua carreira e das suas vidas que imprimem a este documentário o lado real e desconhecido destas quatro mulheres enquanto grupo. Testemunhos inéditos que formaram os alicerces para a construção criativa da ficção Bem Bom.

Bem Bom – Realidade e Ficção é exibido esta terça-feira, às 21h, na RTP1.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Documentário Zé Pedro Rock’n’Roll vai estrear na RTP1

Uma viagem íntima ao mundo de um dos mais carismáticos músicos portugueses no dia em que completaria 65 anos.

Bem Bom é o filme português mais visto desde 2019

Já precisávamos de boas notícias.

RTP exibe documentário que nos vai contar tudo sobre a música pimba

Estreia a 31 de julho, porque depois entra agosto.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio dos Estados Unidos foi uma das melhores corridas do ano

Com Max Verstappen a partir da pole position, mas depressa a perder a liderança da corrida para Lewis Hamilton, logo se percebeu que o Grande Prémio dos Estados Unidos ia ter emoção. No fim, com a vitória do piloto da Red Bull e a volta mais rápida para o piloto da Mercedes, posso-vos dizer que foi uma das melhores corridas do ano... faltam cinco.