fbpx

O Remake de Resident Evil 3 pode chegar em 2020

No início deste ano, a Capcom trouxe-nos um remake de Resident Evil 2, num pacote tão bom que não só é um dos fortes candidatos ao selo de Jogo do Ano, como deixou os fãs desejosos por verem a sua sequela a levar o mesmo tratamento.

Agora, ao que tudo indica, a Capcom pode responder a esse pedido já em 2020.

Segundo o canal de Youtube Spawn Wave, e rapidamente partilhado pela Eurogamer internacional, o jogo já está em desenvolvimento. A informação surge a partir de um vídeo onde são discutidos detalhes internos sobre o desenvolvimento de Resident Evil 3.

O vídeo não refere muitas informações sobre o jogo em si, ou o que é que os fãs podem esperar da adaptação deste remake, mas é afirmado que Resident Evil 3 pode mesmo chegar em 2020.

A legitimidade desta informação é sempre de duvidar, mas o canal não é estranho a conseguir informações factuais. Mais recentemente, a informação de que George R.R. Martin estaria envolvido na produção do próximo jogo da From Software também foi inicialmente falada no canal Spawn Wave, muito antes do seu anúncio oficial.

Até à chegada de RE3R ou do seu eventual anúncio, os fãs da série vão poder ficar de olho em Project REsistance, um novo spin-off multijogador de Resident Evil.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Análise – Ion Fury

Um verdadeiro regresso ao passado que é imperdível para todos os fãs dos FPS à antiga.

Ninjala vai agora chegar à Nintendo Switch em junho

O novo brawler para as consolas da Nintendo atrasa-se um mês.

Análise – Deliver Us The Moon

Uma viagem empolgante, ainda que pouco surpreendente, por um futuro onde o planeta Terra está à beira do fim.
- Publicidade -

Mais Recentes

A Amazon lançou um novo Fire Stick e atualizou um dos já existentes

Mas há um problema: a Amazon não está a enviá-los para Portugal.

Bosch tem aquele que diz ser o teste de PCR mais rápido do mundo para o SARS-CoV-2

A partir de agora disponível na Europa, o teste aprovado pela CE ajuda a evitar o tempo em quarentena, dispensa laboratórios e torna as viagens e o trabalho mais seguros.