Ratchet and Clank: Rift Apart vai ter modo de 60FPS com Ray-Tracing no dia de lançamento

A Insomniac Games promete fazer magia com o novo jogo.

- Publicidade -

Segundo os passos de Marvel’s Spider-Man e de Miles Morales, que oferecem três modos de desempenho de jogo, Ratchet and Clank: Rift Apart vai também poder ser jogado com um nível de desempenho surpreendente logo a partir do dia 1.

A produtora dos estúdios da PlayStation revelou este fim de semana que Ratchet and Clank: Rift Apart vai oferecer um modo de fidelidade e dois de desempenho, com e sem ray-tracing. E com o anúncio, tivemos também o primeiro clipe do jogo a correr a 60FPS com Ray-Tracing ligado.

Segundo a conta oficial da Insomniac Games, a atualização já está pronta a ser descarregada pelos primeiros jogadores de Ratchet and Clank: Rift Apart e o processamento de imagem é semelhante ao de Miles-Morales para a PlayStation 5, onde os 60FPS com Ray-Tracing são conseguidos com uma resolução dinâmica inferior à do modo de fidelidade.

As aventuras de Ratchet and Clank: Rift Apart podem ser assim experienciadas de acordo com a preferência dos jogadores já esta semana, dia 11 de junho, quando uma nova dimensão se abrir na PlayStation 5.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

The Medium viaja para um novo mundo, o da PlayStation 5

Lançado como exclusivo Xbox, o mais recente título de horror da Bloober Team ganha uma nova casa.

Death Stranding Director’s Cut vai chegar em breve à PlayStation 5

E tem um trailer muito curioso de apresentação.

Análise – Ratchet and Clank: Rift Apart (PlayStation 5)

A Insomniac Games revitaliza aquela que poderá ser a sua saga mais importante com um jogo seguro, ambicioso e apaixonante.

Ghostrunner recebe atualização para a PlayStation 5 e Xbox Series X|S em setembro

E há uma versão física para a Nintendo Switch.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há um novo restaurante Burger King em Alcochete

É o primeiro na zona e o 10º no distrito de Setúbal.

Serviços públicos essenciais obrigados a ter linhas telefónicas gratuitas

As empresas têm agora até ao próximo dia 1 de novembro para fazer cumprir este decreto-lei.