Afinal, quantas dobras aguenta o Motorola Razr?

- Publicidade -

Aparentemente 27.000 vezes. Esse foi pelo menos o resultado do teste de resistência que a equipa do CNET fez ao smartphone Motorola Razr.

O teste foi feito pela máquina FoldBot, originalmente utilizada para testar a resistência do Samsung Galaxy Fold a milhares de dobras.

A equipa do CNET quis ver se o smartphone da conhecida marca aguentava cerca de 100.000 dobras. Afinal de contas, interessa ao consumidor final saber a durabilidade deste tipo de novos equipamentos flexíveis.

Infelizmente, e tal como revelámos acima, os resultados foram desapontantes. Os números demostram que, se existirem clientes a fechar o Motorola Razr entre 80 a 150 vezes por dia, o equipamento começará a apresentar defeitos antes do primeiro ano de utilização.

No vídeo que podem ver aqui em cima, reparam que, após essas 27.000 dobras, a própria dobra em si fica danificada, embora o ecrã continue a funcionar normalmente.

É claro que, com todo o aparato, a Motorola reagiu, dizendo que a máquina utilizada pelo CNET não se encontrava calibrada corretamente para efeitos de teste, algo que estes últimos não negaram, uma vez que, como referimos acima, o FoldBot foi inicialmente desenvolvido para ser testado com o smartphone dobrável da Samsung.

Recorde-se que o Galaxy Fold aguentou 120.000 dobras até ficar danificado

Sentindo-se afetada com o teste, a Motorola não se deixou ficar e colocou online um vídeo que diz o “verdadeiro teste ao Razr”.

No entanto, podemos observar que a máquina deste vídeo dobra o smartphone de forma muito suave, e que, convenhamos, não será bem assim que os utilizadores o irão dobrar na vida real…

O Motorola Razr pode ser adquirido nos Estados Unidos por 1.499 dólares.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes