Em breve, a produção de alguns filmes vai ser decidida com a ajuda de inteligência artificial

Quantas vezes não aconteceu saírem do cinema e questionarem-se “mas quem é que decidiu fazer este filme?”. Em breve, se o filme for dos estúdios da Warner Bros., a probabilidade de ter sido um computador a ajudar a dar a luz verde a alguns filmes é muito grande.

- Publicidade -

A Warner Bros. anunciou uma nova parceria com a companhia Cinelytic, para que os seus serviços sejam os responsáveis pela gestão de projetos e futuro portefólio da produtora.

Segundo o portal The Hollywood Reporter, a WB vai usar estas novas ferramentas para decidir se um determinado projeto prestes a entrar em produção é suficientemente rentável para a produtora, quer no cinema, serviços de streaming, entre outros, de forma a minimizar, por exemplo, perdas em bilheteiras ou o investimento em filmes que ficam guardados em arquivo sem nunca verem a luz do dia.

Esta novidade tem sido recebida por críticos e pelo público com muito ceticismo e dúvida, mas Tobias Queisser, fundador da Cinelytic, explica um pouco de como é que o sistema funciona.

O sistema consegue calcular em segundos o que normalmente demora dias quando feito por um humano, avaliando o custo de um filme ou quanto é que vale a estrela de o elenco.”

Queisser tenta também afastar a ideia que os filmes vão deixar de ter input criativo: “A inteligência artificial pode ser assustadora. Mas para já, a AI não toma decisões criativas. É apenas útil para fazer cálculos e ajustes de parâmetros que nem sempre são percetíveis por humanos. Mas para decidir o que se deve ou não fazer, ainda é preciso ter instinto criativo.”

Por isso, se calhar a inteligência artificial pode nem ser assim tão má quanto isso. Agora se se reflete em filmes de mais qualidade… só o tempo o dirá.

Fonte: The Hollywood Reporter

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,770FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Mini-Críticas de 2020 (Cinema)

Opiniões concisas sobre alguns filmes para os quais não tivemos possibilidade de escrever uma crítica completa antes do fim do ano.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes