Em breve, a produção de alguns filmes vai ser decidida com a ajuda de inteligência artificial

- Publicidade - trk
- Publicidade -

Quantas vezes não aconteceu saírem do cinema e questionarem-se “mas quem é que decidiu fazer este filme?”. Em breve, se o filme for dos estúdios da Warner Bros., a probabilidade de ter sido um computador a ajudar a dar a luz verde a alguns filmes é muito grande.

A Warner Bros. anunciou uma nova parceria com a companhia Cinelytic, para que os seus serviços sejam os responsáveis pela gestão de projetos e futuro portefólio da produtora.

Segundo o portal The Hollywood Reporter, a WB vai usar estas novas ferramentas para decidir se um determinado projeto prestes a entrar em produção é suficientemente rentável para a produtora, quer no cinema, serviços de streaming, entre outros, de forma a minimizar, por exemplo, perdas em bilheteiras ou o investimento em filmes que ficam guardados em arquivo sem nunca verem a luz do dia.

Esta novidade tem sido recebida por críticos e pelo público com muito ceticismo e dúvida, mas Tobias Queisser, fundador da Cinelytic, explica um pouco de como é que o sistema funciona.

O sistema consegue calcular em segundos o que normalmente demora dias quando feito por um humano, avaliando o custo de um filme ou quanto é que vale a estrela de o elenco.”

Queisser tenta também afastar a ideia que os filmes vão deixar de ter input criativo: “A inteligência artificial pode ser assustadora. Mas para já, a AI não toma decisões criativas. É apenas útil para fazer cálculos e ajustes de parâmetros que nem sempre são percetíveis por humanos. Mas para decidir o que se deve ou não fazer, ainda é preciso ter instinto criativo.”

Por isso, se calhar a inteligência artificial pode nem ser assim tão má quanto isso. Agora se se reflete em filmes de mais qualidade… só o tempo o dirá.

Fonte: The Hollywood Reporter

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Câmara Municipal de Coimbra vai comprar as duas salas de cinema do Edifício Avenida

Esta decisão surge na sequência do processo de leilão que decorria online na sequência da insolvência dos cinemas Millennium, que ameaçava a continuidade do projeto “Casa do Cinema de Coimbra”.

O novo filme de Super Mario Bros. tem nova data para 2023

Super Mario Bros. tem nova data de estreia para daqui a um ano.

Crítica – The Boy Behind the Door

Se querem um thriller que funciona a um nível básico, que não vai muito longe no terror, algo para passar o tempo, então talvez apreciem The Boy Behind the Door. Se pedem mais que isso, lamento dizer que o filme fica pela premissa.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Volbeat apresentam novo álbum em Lisboa

Os dinamarqueses Volbeat acabam de anunciar o muito aguardado regresso à estrada, para uma digressão pela Europa durante o outono deste ano.

Festival que junta arte, astronomia e património está de regresso a Lagos

O festival vai passar pela Praia da Luz, Bensafrim e por Barão de São João.

Português AkaCorleone tem uma nova obra em Lisboa

Temple of Light é uma visão contemporânea do conceito de culto e religião.