Este é o primeiro frasco do mundo feito a partir de emissões de carbono capturadas e recicladas

E tudo isto através de uma parceria entre a LanzaTech, Total e L’Oréal.

emissões carbono
- Publicidade -

Tudo começa na LanzaTech, que captura as emissões industriais de carbono e converte-as em etanol utilizando um processo biológico único.

Depois é a vez da Total que, graças a um processo inovador de desidratação desenvolvido em conjunto com o IFP Axens, converte o etanol em etileno antes de o polimerizar em polietileno, com as mesmas características técnicas que o seu homólogo fóssil.

Finalmente, a L’Oréal utiliza este polietileno para produzir embalagens com a mesma qualidade e propriedades que o polietileno convencional.

Este é um sucesso tecnológico que comprova que as emissões industriais de carbono podem ser utilizadas para produzir embalagens de plástico.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Aldi pede aos clientes que devolvam frasco de alimentos que pode ter presença de vidro

Compraram o artigo Leguminosas Bio com Quinoa e Legumes, marca Gut Bio, na variedade Grão de bico com quinoa e legumes, colocado à venda no passado dia 22 de janeiro, em todas as lojas ALDI? Então cuidado, pois esses alimentos não devem ser consumidos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio de França com furos na estratégia da Mercedes

A Fórmula 1 voltou ao circuito Paul Ricard com a edição de 2021 do Grande Prémio de França e, se durante os treinos e qualificação, ficou a ideia que os Pirelli podiam sair furados novamente, afinal foi a estratégia da Mercedes que saiu feita em pedaços. No fim, quem festejou foi a Red Bull: vitória de Max Verstappen e 3º lugar para Sergio Pérez.

Mais antiga praça de touros de Portugal dará lugar a um centro cultural

O projeto é da Zaratan, uma associação de arte arte sediada em Lisboa.

Rede regional dos Açores vai ter nove novos percursos pedestres

Os municípios e juntas de freguesa têm agora 12 meses para implementar os traçados aprovados.