Pingo Doce manda recolher pacotes de leite de marca própria

Pois é, nem a indústria alimentar escapa a estas situações. De vez em quando lá surgem notícias de fabricantes de carros que pedem para recolher determinados modelos para substituição de peças, marcas que retiram do mercado produtos para criança com defeito… Há um pouco de tudo.

- Publicidade -

Neste caso, o azar recaiu sobre o Pingo Doce, que, sabe-se agora, está a pedir aos clientes que devolvam pacotes de leite específicos daquela marca.

No site oficial, a marca pede aos clientes que possuam pacotes de leite Pingo Doce UHT meio gordo 200ml do lote 2251903 o favor de os entregarem em qualquer loja do grupo, recebendo de volta os valores originalmente gastos.

Tudo se deve a um defeito pontual de embalagem, pelo que a estabilidade do lote 2251903 deste produto pode estar afectada.

Para tomarem nota do número do lote, devem verificar o número do lote no topo da embalagem.

Esta é uma situação isolada, pelo que, até ver, a estabilidade dos restantes lotes está assegurada.

Noutro ponto, importante relembrar que, esta semana, o Pingo Doce inaugurou uma loja na Nova SBE, em Carcavelos, que se destaca por não possuir caixas de pagamento e de, consequentemente, não existirem filas de espera.

E para mostrar que a marca quer preservar o ambiente, a loja da Malveira está com um projeto piloto de recolha de embalagens de plástico.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

ECO – Água Filtrada passa a disponibilizar garrafões nas lojas Pingo Doce

Até aqui só era possível adquirir garrafas de 1,5L ou 3L.

Vigor celebra sete décadas com os olhos postos no futuro

A icónica marca surge agora numa embalagem mais sustentável.

Go Active. A nova marca do Pingo Doce promove estilos de vida saudáveis

E o primeiro produto da nova marca já está à venda em todas as lojas Pingo Doce.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Bem Bom é o filme português mais visto desde 2019

Já precisávamos de boas notícias.

Afinal, os bares podem funcionar já a partir de 1 de agosto

Desde que apliquem as regras dos restaurantes.

Governo anuncia três fases para a “libertação”. Discotecas poderão voltar a funcionar em outubro

Espera-se que, em finais de outubro, 85% da população portuguesa esteja totalmente vacinada.