Ornatos Violeta confirmados no NOS Alive, MEO Marés Vivas e Festival F

Bem, por esta é que ninguém esperava. Os Ornatos Violeta, banda de Manel Cruz (voz) Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados), acabam de ser confirmados para atuar nos festivais NOS Alive, MEO Marés Vivas e Festival F.

- Publicidade -

A icónica banda, originária da cidade do Porto, tem dois álbuns de originais lançados, Cão! (1997) e O Monstro Precisa de Amigos (1999). Contudo, a sua existência foi curta, uma vez que acabariam por se separar em 2002.

10 anos depois, os Ornatos Violeta voltaram a juntar-se para uma série de concertos nos Coliseus de Lisboa, Porto e Micaelense, tendo atuado, também, a 7 de março de 2012, no Festival Paredes de Coura.

Agora, sete anos volvidos, a banda, que ironicamente acabou por ser descoberta por uma nova geração neste período digital, volta para o que se esperam ser grandes concertos.

Sabe-se que, nestes concertos, os Ornatos Violeta irão interpretar na integra a sua obra seminal O Monstro Precisa de Amigos, até porque o álbum celebra precisamente o 20º aniversário da edição. Ou seja, estes concertos especiais acabam por ser espetáculos de comemoração desse grande disco. Os Ornatos Violeta tocam a 11 de julho no Palco NOS do NOS Alive’19, a 20 de julho no MEO Marés Vivas e a 6 de setembro no Festival F.

O NOS Alive’19 realiza-se a 11, 12 e 13 de julho de 2019 no Passeio Marítimo de Algés, em Lisboa. Os bilhetes já estão à venda por 65€ (bilhete diário) e 149€ (passe de três dias). À venda está também o Fã Pack FNAC.

Quanto aos bilhetes do MEO Marés Vivas, o diário custa 33€, enquanto que o passe geral tem um preço de 61€. Há ainda um Passe Geral VIP por 160€.

Finalmente em relação ao Festival F, os papelinhos mágicos estarão disponíveis brevemente, em data a anunciar.

Nota da redação: Notícia atualizada às 09h16.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Ornatos Violeta substituem Deftones no North Music Festival

Sai um grande nome, entra outra grande banda.

Vodafone Paredes de Coura pode ganhar mais dias em 2022

"Vamos elevar o risco, mas quero fazer uma edição histórica", disse recentemente João Carvalho, diretor do festival minhoto.

Festival O Sol da Caparica passa para 2022

A organização promete "uma edição incrível e inesquecível com muita música lusófona".
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio da Hungria fica para a história graças a um Alpine e a um Mercedes

O Grande Prémio da Hungria fica marcado por uma primeira volta cujos acontecimentos, proporcionados em grande parte pelo Mercedes nº 77, conseguiram meter 5 pilotos de fora, mas também pela vitória de Esteban Ocon e ainda por termos não um, mas dois carros da Williams nos pontos.

Preparem a carteira: Combustíveis voltam a aumentar de preço já amanhã

Começa a ser um mau hábito, mas os portugueses não conseguem fugir desta realidade.