Oito dicas para poupar energia em casa

Já sabemos que devemos desligar as luzes quando não estamos na divisão, desligar os aparelhos quando não os estamos a utilizar, trocar as nossas lâmpadas por LED’s ou até evitar ao máximo utilizar equipamentos como aquecedores ou ar-condicionados.

- Publicidade -

Porém, que outras medidas podemos ter em consideração quando os objetivos são poupar e fazer um consumo consciente e responsável? É que, numa altura em que ficar em casa é a única opção, há que poupar eletricidade e, consequentemente, poupar também o ambiente e o nosso dinheiro.

Nas próximas linhas, damo-vos oito dicas para que possam poupar energia em casa.

poupa

1. Saber a fonte dos consumos energéticos em casa (em particular os elétricos)

Informação é poder. Ter a consciência do peso de cada eletrodoméstico no consumo e, consequentemente, na fatura da eletricidade, ajuda-nos a racionalizar sobre a utilização dos mesmos. Para saber de onde provêm os consumos, podem não só instalar sistemas de medição inteligente, como falar com especialistas para realizar uma auditoria energética.

2. Consumir eletricidade quando há mais produção de fontes renováveis

Mudar o contrato para o tarifário bi-horário e alterar os maiores consumos de eletricidade para o período vazio pode gerar poupança na fatura e reduzir as emissões de carbono.

A eletricidade consumida, que provém da rede, pode ser mais limpa devido a uma maior produção proveniente das fontes renováveis (como solar ou eólico) combinado com uma redução de produção das fontes fósseis em certos momentos do dia. No caso da energia eólica, estes períodos correspondem, normalmente, ao período vazio dos tarifários elétricos, daí a importância do tarifário bi-horário.

3. Utilização correta dos eletrodomésticos

É preciso utilizar corretamente os eletrodomésticos para conseguir poupar ao máximo energia e dinheiro. Por exemplo, no caso do frigorífico, é preciso colocá-lo a mais de 10 cm de distância da parede e também longe de fontes de calor, como o forno. Além disso, é importante deixar arrefecer a comida antes de a colocar no frigorífico.

No que diz respeito às máquinas de lavar loiça e roupa, deve-se carregar completamente as máquinas antes de executar o programa, sendo que devem executar programas com temperatura mais baixa, quando possível, ou com ciclos adequados às cargas que levam.

4. Isolar corretamente os espaços

Ao isolarem de forma correta a vossa casa, poderão reduzir ou até mesmo eliminar as necessidades de aquecimento e arrefecimento dos espaços. Um exemplo é trocar as janelas de vidro simples para outras de vidro duplo com corte térmico. Antes disto acontecer, também podem aplicar fitas isoladoras nas portas e janelas.

5. Desligar os aparelhos em stand-by

Ao fim do dia, devem desligar os aparelhos que se encontram em stand-by, diretamente na tomada. Considerem a compra de “smart-plug” ou uma tomada inteligente que podem programar para desligar os equipamentos a partir de uma certa hora.

6. Investir num sistema de autoconsumo

Já pensaram em produzir a vossa própria energia elétrica? Então podem investir num sistema de autoconsumo para produção de energia renovável para a vossa casa. Podem inclusive ir mais longe e motivar os vizinhos a, em conjunto, construírem uma comunidade de energia. Dessa forma, poderão ajudar a otimizar o consumo da produção local proveniente das fontes renováveis e facilitar a instalação de mais sistemas de produção verdes (ao mesmo tempo que poupam na fatura de energia).

7. Fazer o registo no ID-energia

Existe uma ferramenta online que permite monitorizar os vossos consumos (eletricidade, gás, água, gasolina e gasóleo) e compará-los com os de outros utilizadores, para que saibam se os vossos consumos são ou não eficientes. Esta ferramenta é independente dos comercializadores.

8. Procurar o melhor tarifário

Através da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) podem conferir e comparar todas as ofertas para energia e gás natural para a vossa casa. As simulações são personalizadas, pelo que poderão chegar à melhor oferta que responda às vossas necessidades.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,440FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

ERSE alerta: Não há empresas de luz e gás a realizar inspeções nas casas dos consumidores

Certamente que, por estes dias, já devem ter notado na quantidade incrível de mensagens e emails que todos vamos...

E porque não aproveitar a quarentena para melhorar a caligrafia?

O Estado de Emergência obrigou-nos a fazer uma pausa no ritmo frenético do estilo de vida habitual. E isto significa que, de momento, surgiram boas oportunidades para iniciar atividades ou hobbies que, até agora, se encontravam por explorar por falta de tempo.

10 dicas para utilizar em apps de socialização

É importante ter em conta que nada é 100% seguro.

Keep Safe, Keep cooking. Chef Rui Rebelo ensina-nos a cozinhar durante a quarentena

Responsável pelos restaurantes Oficina Craft Snackery e Oficina do Duque, o chef Rui Rebelo é daqueles que não ficar parado sem magicar alguma coisa.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes