Oficial: mytaxi mudou de nome para FREE NOW

- Publicidade -

É considerada a aplicação de táxis líder na Europa. Mas desde há algum tempo que estava previsto este rebranding e transição da mytaxi. Agora aconteceu: o novo nome é FREE NOW e, com essa mudança, chegam também novos serviços.

Para já, realçar que esta mudança vai fazer com que o FREE NOW seja um serviço de mobilidade mais abrangente ao disponibilizar soluções de multisserviços numa única aplicação. Ou seja, e apesar de momento ter apenas a antiga mytaxi, a Free NOW vai integrar, nos próximos meses, as trotinetes elétricas Hive. No futuro, serão implementadas outras opções de mobilidade. Possivelmente também a Kapten poderá ser integrada no FREE NOW, uma vez que o grupo, que, na verdade, é um joint-venture de mobilidade da Daimler e BMW, detém aquela app TVDE.

No entanto, a maior novidade de todas, além da mudança do nome e, claro, das novas cores, é mesmo o lançamento do serviço LITE, que promete pesar menos na carteira. Na prática, significa que as viagens de táxi através da FREE NOW vão ser cerca de 30% mais baratas que uma viagem de táxi normal. Objetivo? Fazer face aos preços dos TVDE, pois claro.

O serviço LITE funcionará em exclusividade com o taxímetro em Letra C, o que significa que o motorista em todos os serviços LITE deverá acionar esta tarifa, ou seja, o taxímetro não estará a contar, sendo o preço dado pela FREE NOW.



Existe ainda um outro detalhe que deverá fazer toda a diferença: será possível, tanto ao passageiro como ao motorista, saber à partida o preço exato que irá ser cobrado pela viagem. Claro, isto só é possível com recurso a pagamento via app e com a colocação do destino final antes de se solicitar a viagem. Ou seja, é em muito igual ao funcionamento das plataformas de mobilidade.

Uma dúvida que nos surgiu e ficou por esclarecer está relacionada com os créditos das diferentes aplicações. Por exemplo, a Hive permite que juntar créditos infinitamente, ou seja, se um utilizador tiver muitos créditos, não paga nem taxa de desbloqueio nem por minutos de utilização. O mesmo acontece com a Kapten, que, ao contrário das plataformas concorrentes, deixa acumular créditos, sendo possível fazer viagens gratuitamente, várias vezes.

Assim, surge a nossa dúvida: será que, quando estiverem todas integradas na mesma plataforma, os créditos acumulados numa app poderão ser utilizadas noutro serviço? Ou continuarão a funcionar da mesma forma, estando apenas inseridas num único local?

Além disso, não será algo arriscado juntar Kapten e a ex-mytaxi na mesma plataforma? Embora diferentes entre si, o objetivo final acaba por ser partilhado por ambos os serviços: transportar os clientes.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome