Novo confinamento geral. Mantém-se o funcionamento das escolas

É altura de ficar em casa. Mas com exceções, claro.

Novo confinamento geral
- Publicidade -

Após dias e dias a falar no assunto, hoje, dia 13 de janeiro, o primeiro-ministro António Costa falou ao país para anunciar as medidas que fazem parte do novo confinamento geral. Essencialmente, aplicam-se as mesmas medidas que estiveram a vigorar em março passado, mas com uma exceção: todas as escolas manter-se-ão em funcionamento.

E porquê? Após ter consultado especialistas e encarregados de educação, o primeiro-ministro justificou essa decisão com a necessidade de “não voltar a sacrificar a atual geração de estudantes”. António Costa anunciou ainda que o teletrabalho (sempre que é possível) é MESMO obrigatório. Quem violar esta regra será severamente multado.

Portanto, e a partir das 00h desta sexta-feira, dia 15 de janeiro, Portugal volta ao dever de recolhimento domiciliário.

Eis as medidas, além do que já referimos:

  • Serviços públicos funcionam mediante marcação prévia;
  • Consultórios, dentistas e farmácias permanecerão abertos;
  • Cerimónias religiosas serão permitidas… de acordo com as normas da DGS;
  • Comércio em geral será encerrado, salvo estabelecimentos autorizados;
  • Mercearias e supermercados permanecerão abertos, com lotação limitada a cinco pessoas por 100m2;
  • Restaurantes, bares e cafés poderão funcionar, mas somente em regime de take-away ou entrega ao domicílio;
  • Estabelecimentos culturais (teatros, auditórios, cinemas) ficam encerrados;
  • No que toca ao desporto, os ginásios, pavilhões e outros recintos desportivos estarão encerrados. É permitido o exercício individual ao ar livre. Já as seleções nacionais e primeira divisão sénior de desportos, como o futebol, poderão funcionar, mas sem público;
  • Os tribunais permanecerão abertos.

Como sempre, devem reduzir as deslocações ao essencial e limitar contactos aos agregado familiar. Usem máscara, mantenham o distanciamento, lavem as mãos e cumpram a etiqueta respiratória.

As medidas serão revistas dentro de 15 dias, estando tudo dependente da evolução da pandemia.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Continente passa a vender testes rápidos de diagnóstico à COVID-19

Cada teste custa 2,79€ e indica o resultado em apenas 15 minutos.

Testes rápidos de antigénio passam a ser comparticipados a 100%

Esta nova medida entra amanhã, 1 de julho, em vigor, pelo prazo de um mês, eventualmente renovável.

Câmara Municipal de Torres Novas apoia negócios da cidade com um total de 30 mil euros

Uma medida que passa pela aquisição de cartões de compra por parte dos munícipes, com a câmara a ressarcir futuramente os estabelecimentos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

DreamsCom regressa com mais um festival virtual de experiências feitas no Dreams

A DreamsCom 21 começa já no próximo dia 27 de julho.

Ouve aqui aos dois primeiros temas de Dune, de Hans Zimmer

Hans Zimmer está de volta com mais uma banda sonora original, para um dos filmes mais antecipados do ano.

Lacuna Coil, Decapitated e Orphaned Land reconfirmados para o Laurus Nobilis 2022

A organização promete muito mais nomes para anunciar, entre os quais algumas surpresas.