Museu Judaico Lisboa vai ser construído em Belém

O Tikvá – Museu Judaico Lisboa vai retratar a história da presença judaica no território que é hoje Portugal.

Museu Judaico Lisboa
- Publicidade -

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) e a Associação Hagadá, responsável pela criação, instalação e gestão do Museu Judaico de Lisboa, celebraram hoje o protocolo de colaboração que marcará o arranque do projeto Tikvá – Museu Judaico Lisboa.

Intitulado de Tikvá, que significa Esperança em hebraico, o Museu vai situar-se em Belém, com uma área de construção bruta de 3.869m2. Será desenvolvido pelo arquiteto Daniel Libeskind, que desenhou os museus judaicos de Berlim, São Francisco e Copenhaga, bem como os memoriais do Holocausto nos Países Baixos, no Canadá e nos Estados Unidos e o World Trade Center master plan em Nova Iorque, em colaboração com o arquiteto Miguel Saraiva, que colabora com o Studio Libeskind como atelier local para o desenvolvimento deste projeto.

O Tikvá – Museu Judaico Lisboa vai retratar a história da presença judaica no território que é hoje Portugal, nomeadamente em Lisboa, partilhando o contributo dos judeus e mostrando que a história e a herança judaica são parte indissolúvel da História do país, pretendendo preservar e divulgar a memória e a vivência judaica e valorizando as diferenças culturais, promovendo, assim, a integração inter-religiosa.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Preparem a carteira: Combustíveis voltam a aumentar de preço já amanhã

Começa a ser um mau hábito, mas os portugueses não conseguem fugir desta realidade.

Estafetas manipulam GPS para ganharem vantagem nas plataformas de delivery

A Uber sabe disso e já começou a avisar quem está a "jogar sujo".