Lisboa vai ganhar 80 novas estações para bicicletas Gira este ano

No entanto, a respetiva ativação de cada uma pode demorar algum tempo.

bicicletas Gira
- Publicidade -

A EMEL, que atualmente gere sozinha o sistema de bicicletas partilhadas Gira, vai instalar no próximo mês de abril novas estações para estes veículos. Ao longo de quatro semanas, a empresa deverá instalar 30 novas estações na Av. Almirante Reis, Olivais e Lumiar, de modo a acompanhar o crescimento da rede ciclável da cidade.

Contudo, tal não significa que sejam logo ativadas, até porque há que passar por uma série de passos relacionados com ligações elétricas. É um processo moroso. Posto isto, a EMEL tem a ambição de as ativar algures durante o verão.

Mas se estas novas não vão ser logo ativadas, o mesmo não acontece com as quatro estações na Cidade Universitária e outras três na frente ribeirinha, que nunca chegaram a ser ativadas. Porém, essa ativação deverá mesmo acontecer ao longo do próximo mês de abril.

Além das 30 novas estações, a EMEL tem pretensões de instalar outras 50 ao longo do ano, mais especificamente entre as Avenidas Novas e Campolide e entre as Amoreiras e Campo de Ourique. Nesta segunda fase, o objetivo é fazer a ligação da baixa da cidade a Algés, acompanhando o traçado da futura ciclovia prevista para a Avenida da Índia, como refere o jornal A Mensagem.

Para acompanhar as novas estações, será necessário que também surjam novas bicicletas Gira. De momento, existem cerca de 500 bicicletas no ativo e 300 na oficina (para a respetiva reparação), mas, muito em breve, a cidade de Lisboa irá ganhar 730 novas bicicletas elétricas, surgindo num modelo mais evoluído.

Apesar de idênticas às bicicletas Gira originais, terão uma bateria maior (logo maior autonomia), cestos frontais reforçados, cadeado na roda traseira (para permitir paragens rápidas durante viagens), proteção adicional contra frutos e, ainda, um adaptador para a colocação de uma cadeira destinada ao transporte de crianças (opcional, uma vez que terá de ser encomendado à EMEL).

Já numa segunda fase, serão adicionadas, pelo menos, 1500 novas bicicletas elétricas, apesar de, neste momento, não existir qualquer prazo para tal.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Google Maps passa a disponibilizar direções para andar de bicicleta em Portugal

Para disponibilizar o percurso mais atualizado, o Google Maps recorre a machine learning, algoritmos complexos e à nossa compreensão sobre o mundo real.

EMEL inaugura terceira ilha de carregamento rápido para veículos elétricos em Lisboa

Atualmente, a EMEL dispõe de um total de 26 Postos de Carregamento de Veículos Elétricos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Pingo Doce chega pela primeira vez aos Açores

O sortido do espaço conta com muitos produtos regionais, fruto das parcerias feitas com 129 fornecedores dos Açores.

Continente abre primeira loja em Gouveia

Continua a expansão da marca da Sonae.

Lagoa dos Salgados será classificada como área protegida de âmbito nacional

Há 21 anos que, em Portugal, não era classificada nenhuma área protegida de interesse nacional.