Municípios têm até 2025 para implementar soluções de recolha seletiva de resíduos têxteis

Muitos podem não saber, mas a verdade é que uma diretiva da União Europeia obriga a que, até 2025, os municípios estejam obrigados a implementar soluções de recolha seletiva de resíduos têxteis. E já há pelo menos uma cidade portuguesa a fazê-lo. E bem.

- Publicidade -

A Maia já faz esta recolha desde 2011 e, no ano passado, foram depositados cerca de 230 toneladas de resíduos têxteis nos roupões disponíveis no concelho. Essas toneladas de resíduos têxteis permitiram angariar 10 mil euros que foram doados a instituições locais, como a Didasan, Re-food Maia, Socialis, entre outras.

Na cidade, a iniciativa é promovida pela MAIAMBIENTE e pela Wippytex (empresa responsável pela recolha destes resíduos). Desde que começaram com o projeto, já foram recolhidas 1.663 toneladas de roupa, tendo resultado na angariação de mais de 72 mil euros, distribuídos por 41 instituições locais.

Em Portugal, deitam-se para o lixo cerca de 200 mil toneladas de têxteis por ano, sendo que apenas 4,3% destes resíduos é enviado para valorização.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Recycle BinGo. Com esta app, reciclar dá direito a vários prémios

O Recycle BinGo é, provavelmente, o jogo mais amigo do planeta.

Maia é o primeiro município do país a indexar tarifa à produção de resíduos

Até ao final do ano, os munícipes abrangidos vão conseguir perceber a diferença entre a fatura atual, indexada ao consumo de água, e a fatura virtual, que vão passar a receber, que revelará a tarifa que pagariam calculada através do novo modelo.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Lutas contra Deuses fazem parte do PS Plus de dezembro

Um ano depois um dos primeiros jogos da PlayStation 5 é oferta do PS Plus.

Passes Andante não aumentam de preço em 2022

Com esta medida, a AMP pretende “reforçar o apoio aos agregados familiares”.

Inaugurado em Lisboa o maior centro de vacinação do país

O novo centro funciona todos os dias, incluindo fins de semana e feriados, das 9h às 19h.