MIL 2020 cancelado e 13ª Festa do Cinema Italiano adiada

E tudo devido ao COVID-19, claro. Num email enviado para os meios de comunicação, a organização do MIL – Lisbon International Music Network refere que “na sequência das diretrizes estabelecidas pela Direcção-Geral de Saúde no plano nacional de contingência para o coronavírus, é com grande tristeza que informamos que a quarta edição do MIL será cancelada”.

“Não temos palavras para agradecer a todos os artistas, salas de espetáculo e parceiros institucionais, internacionais, media e de produção que trabalharam connosco de forma incansável para fazer desta uma edição memorável.”

Apesar de este ser um cancelamento, e não um adiamento, a organização faz questão de referir que o “Cais do Sodré voltará a ficar a MIL em 2021”.

No que toca à 13ª Festa do Cinema Italiano, a organização optou por “não irá realizar a sua 13ª edição, a partir de 1 de abril, como estava previsto – em Lisboa, Porto, Almada, Cascais, Setúbal, Penafiel, Alverca do Ribatejo, Coimbra, Viseu, Beja, Tomar, Évora, Caldas da Rainha e Loulé – sendo adiada para uma data a anunciar em breve”.

“Sendo um evento que recebe milhares de pessoas e devido ao aumento da gravidade da situação em Itália e em Portugal, a organização considera que não estão reunidas as condições para a sua realização e para o bem de todos”, diz ainda o mesmo comunicado.

Relembre-se que, no dia de hoje, a promotora Amplificasom garantiu que os concertos de Russian Circles iriam realizar-se em Portugal. Já a gerência do LAV – Lisboa ao Vivo fez questão de salientar que, até ordens em contrário, todos os espetáculos agendados mantêm-se.

O Echo Boomer falou ainda com a organização do ID NO LIMITS 2020, referindo que “neste momento, o festival ID NO LIMITS mantém-se não sendo adiado/cancelado. No entanto, estamos atentos e em contacto com as autoridades para que, caso necessário, sejam colocadas em prática medidas de prevenção e/ou um plano de contingência”.

Esta recente epidemia de COVID-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4 mil mortos. Cerca de 114 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Nos últimos dias, Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, pelo que o Governo português decidiu suspender todos os voos com destino ou origem nas zonas mais afetadas em Itália.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,052FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Google Maps vai passar a mostrar todos os casos de COVID-19 detetados numa área

Algo especialmente útil caso estejam a pensar sair da cidade e necessitem de se atualizar sobre as diretrizes locais, locais de teste e restrições numa outra cidade.

Empresa portuguesa lança solução que permite receber os resultados do teste à COVID-19 no smartphone

Tal permitiu à Cruz Vermelha Portuguesa aumentar a capacidade de testes, na região de Lisboa, para 3.500 testes (colheitas e análises) por dia.

Time Out Market Lisboa temporariamente encerrado

O conhecido espaço que engloba vários conceitos fecha portas a partir de amanhã, dia 10 de novembro.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Zodiac

Baseado numa história verídica, Zodiac é eficaz naquilo que mais importa: convencer a audiência a pesquisar mais sobre o caso real mal o filme termine.

Vila 953 Restaurante é o novo restaurante do Vila do Conde Porto Fashion Outlet

É o primeiro espaço a abrir com o look and feel “Beatifully Local”.