55+, a nova plataforma online que leva um chef privado a casa

- Publicidade - trk
- Publicidade -

Refeições que chegam frias, motoristas que se perdem e demoram mais do que o desejado e erros no pedido. Se usam aplicações como a Uber Eats ou Glovo, só para citar algumas, decerto já tiveram algum destes problemas quando não vos apeteceu cozinhar e utilizaram esses serviços. Pois bem, chegou uma plataforma online que pode, de alguma forma, acabar com estas chatices.

Chama-se 55+ e, na prática, é um novo serviço de refeições ao domicílio em Lisboa. Basicamente, através do WhatsApp ou do site, os utilizadores podem pedir um chef privado, que não só prepara as refeições ao domicílio, como também pode ir às compras, pôr a mesa e, no fim, deixar tudo arrumado.

Neste caso, a refeição é cozinhada em casa do cliente, à hora que quiser, garantindo comidinha quente e pronta a horas. Por chef privado entenda-se uma pessoa com mais de 55 anos, que estava inativa, em situação de reforma ou desemprego, e que, desta forma, consegue colocar em prática o seu hobbie pela cozinha. Ou seja, não são mesmo chefs de profissão, mas sim pessoas com longos anos de experiência a cozinhar.

Pensem nestas pessoas como se fossem as nossas mães a cozinhar para nós, com a diferença de que, aqui, têm de pagar.



São vários os cozinheiros disponíveis na 55+. Basta contactar a equipa pelo WhatsApp (930 55 65 75) ou aceder ao site, indicar o dia e serviço pretendido e, imediatamente, a equipa irá atribuir um chef para o serviço. Caso não existam os ingredientes necessários em casa, pode-se também pedir ao chef que passe no supermercado (com um custo extra). E sim, no final da refeição a cozinha fica toda arrumada.

A 55+ dá ainda algumas sugestões do seus cozinheiros: o excelente bacalhau com natas da Teresa Malta, o arroz de pato do João Soares e a tarte de maçã “de comer e chorar por mais” da Ana Belo. Podem ainda contar com opções vegetarianas.

Há também a opção de pedir o típico menu português, que inclui uma entrada, pão, prato principal, sobremesa e bebida, com várias opções à escolha, por 15€ por pessoa (sem IVA). As reservas devem ser feitas com, pelo menos, três dias de antecedência.

Mas nem só de comida se constrói a +55. Além da comida ao domicílio, existem serviços petsitting, babysitting, jardinagem, entre outros.

Quanto a preços, uma hora tem um custo de 8€, enquanto que o pack de cinco horas tem o custo de 38,50€. Quem necessitar de ainda mais tempo tem disponível o pack de 10 horas por 75€. Atenção que a estes preços acresce o IVA.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Utilizadores de trotinetes Bird em Lisboa já podem planear viagens mais seguras até ao destino

Podem, agora, desenhar um mapa de segurança na capital portuguesa.

Easyjet já começou com voos de Lisboa para Porto Santo

E olhem que ainda conseguem apanhar voos baratos.

O que visitar em Lisboa e arredores com crianças?

E sabendo os adultos que as crianças podem, por vezes, ser exigentes, eis uma lista de atrações para deixar os garotos bem felizes.

Lisboa deve receber 320 navios de cruzeiro até ao final do ano

É, inclusive, um número superior a 2019. Mas deverá registar-se uma quebra nos passageiros.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Os destaques da Nintendo Direct Mini

A Nintendo não deixou escapar a oportunidade de junho para apresentar novos títulos que vão chegar à Nintendo Switch em breve.

Ubisoft com presença confirmada na Gamescom

Os futuros jogos da Ubisoft serão mostrados ainda este verão.

Horizon 2074 é o nome da adaptação do jogo para a Netflix

E já se conhecem alguns nomes da produção.