fbpx

Ups, afinal Kevin Hart já não vai apresentar os Óscares

Menos de 48 horas após Kevin Hart ter anunciado nas redes sociais que iria ser o anfitrião da 91ª edição dos Óscares, o humorista/ator veio agora assumir publicamente a desistência do cargo do anfitrião à luz da polémica que se instalou nas últimas horas.

Basicamente, minutos depois desse anúncio, a comunidade LGBTQ lembrou que o ator e comediante já fez espetáculos ao vivo onde disse piadas de tom homofóbico, além de tweets considerados ofensivos. Tendo em conta que muito do público que assiste à cerimónia é homossexual, o caso torna-se ainda mais grave.

“Escolhi desistir de ser o apresentador da próxima cerimónia dos Óscares… isto é porque não quero ser uma distração numa noite que deve ser celebrada por tantos artistas espantosamente talentosos. Peço sinceramente desculpa à comunidade LGBTQ pelas minhas palavras insensíveis no passado”, revelou no Twitter.

Esta sucessão de acontecimentos aconteceu muito rapidamente, tendo o ator revelado anteriormente no Instagram que estava a ser pressionado para admitir os erros do passado. Aliás, a própria Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ligou a Kevin Hart, fazendo-lhe o que podemos chamar de ultimato: ou pedia desculpa pelos tweets do passado ou deixava de ser o anfitrião da cerimónia.

Segundo se pode perceber no vídeo, Hart optou por não pedir desculpas, mas, pressionado, isso acabou mesmo por acontecer.

Os tweets nem terão sido a situação mais grave. A organização não-governamental GLAAD, que se dedica a monitorar a forma como a comunicação social retrata a comunidade LGBT, lembrou que, em 2010, num dos seus espetáculos, Hart fez uma piada sobre o receito de ter um filho que se viesse a tornar homossexual.

Apesar da piada ter oito anos, não caiu bem junto da comunidade em questão, principalmente numa época em que se luta pela inclusão, abusos sexuais e pela igualdade de géneros.

Resta agora esperar por um novo apresentador para a 91ª edição dos Óscares.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

O melhor filme do ano já pode ser visto em 42 salas de cinema de Portugal

Falamos, claro, de Parasite, que, surpreendendo muita gente, ganhou o Óscar de Melhor Filme na cerimónia deste ano, sendo o primeiro filme estrangeiro a conseguir tal feito. E claro, esta vitória na mais importante entrega de prémios do planeta deu nova força à película.

Óscares 2020. Quem vai ganhar e quem merecia ganhar

A 92ª edição dos Óscares acontece mais logo e, como tal, está na altura de partilhar os nossos palpites.

Cinema City volta a exibir alguns dos filmes nomeados aos Óscares

Se não tiveram oportunidade de ver alguns dos filmes nomeados aos Óscares no grande ecrã, mas gostavam de o fazer, temos boas novidades: as salas Cinema City vão voltar a exibir alguns dos filmes nomeados.
- Publicidade -

Mais Recentes

Escola de Medicina da Universidade do Minho lança plataforma de autoavaliação da saúde mental

A Escola de Medicina da Universidade do Minho, em colaboração com o seu Centro de Medicina Digital P5, desenvolveu uma plataforma gratuita que permite fazer uma autoavaliação da saúde mental.

Domino’s Pizza chegou a Leiria

A marca continua a sua expansão por Portugal.