Foodie Love, uma história de amor moderna

Os primeiros minutos do primeiro episódio fizeram-me lembrar uma voz. Aquela voz-off que durante uns tempos quase todos os trailers de comédias românticas tinham e dizia coisas como “Lucy is a good girl. John is lost. But when they meet (…)” e depois a voz-off acabava a dizer “a modern love story for the centuries”.

- Publicidade -

A voz-off não dizia exatamente isto, mas sempre que a ouvia era esta a mensagem subliminar que o meu cérebro discernia. E Foodie Love tem este aspeto de “uma história de amor moderna”. Em última análise, a série é um cruzamento entre as comédias de Woody Allen, o filme When Harry met Sally, o filme Paris, je t’aime e uma pitada do filme Chef, de Jon Favreau.

Embora se consiga notar a miscelânea de referências, os elementos são integrados na história como inspirações. Além disto, como a série é espanhola, existe uma certa singularidade cultural no modo como as coisas se desenrolam e tal acaba por lhe dar frescura.

Outro aspeto interessante que vale a pena esclarecer é que, apesar da série se chamar Foodie Love, esta não é necessariamente sobre amor, mas sim sobre relações e os seus começos, fins, hesitações e descobertas. E, no pano de fundo, existe a comida, uma espécie de personagem secundária que nas sombras faz a sua magia e aproxima os possíveis amantes.

A série não é uma história só. Existe a trama principal entre as personagens da Laia Costa e do Guillermo Pfening que acontece em três planos diferentes: a realidade e a realidade conforme cada um dos protagonistas a entende. E ao mesmo tempo que eles partilham os seus pensamentos e vivem uma experiência conjunta, assistimos às histórias colaterais que acontecem à volta.

Embora Foodie Love tenha vários aspetos positivos, tenho a impressão que é preciso ver uns quantos episódios até se gostar realmente da série. Como a história se foca essencialmente em duas personagens, é preciso habituar-nos às suas idiossincrasias para o interesse pela história surgir.

Por isso, se gostam de comédias românticas e gostaram de alguma da cinematografia que indiquei como inspiração, acho que não se vão arrepender se derem uma oportunidade à série.

Os oito episódios de Foodie Love já podem ser vistos na HBO Portugal.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Crítica – Luca

Luca segue de perto as fórmulas de sucesso dos estúdios da Pixar sem se desviar por caminhos únicos, mas mesmo assim conta uma história cativante com personagens relacionáveis que chegam ao coração dos espectadores.

Série O Clube vai ter uma terceira temporada

Resta saber quando estreia e quantos episódios teremos ao todo.

Crítica – Godzilla vs. Kong

Godzilla vs. Kong é um regresso em forma do divisivo MonsterVerse. Desde CGI genuinamente impressionante e visualmente orgásmico até às lutas entre monstros repletas de adrenalina e energia, este filme é a definição de puro entretenimento de blockbuster.

Crítica – The Conjuring: The Devil Made Me Do It

The Conjuring: The Devil Made Me Do It é, sem dúvida, a parte mais fraca da trilogia, mas continua bem longe do nível de "horrível" dos piores filmes desta saga de horror.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Está proibida a circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

A medida entra em vigor já esta sexta-feira, às 15h.

Já se pode comprar detergentes a granel em todas as lojas Go Natural de Portugal

A venda de detergentes a granel na Go Natural traz maior poupança ao cliente, com a redução de pelo menos 13% no preço.

Telepizza abre lojas em Santo Tirso e Taveiro

São já 143 espaços a nível nacional.