Filme do Sonic desliza para 2020 em resposta aos fãs

Sonic The Hedgehog, que estava inicialmente previsto para chegar aos cinemas em novembro, derrapou para fevereiro de 2020.

- Publicidade -

Ao contrário de muitos filmes que sofrem adiantamentos e atrasos por questões de agenda e concorrência nas salas de cinema, Sonic The Hedgehog parece estar a sofrer um atraso para que a sua personagem principal se ajuste às expectativas dos seus fãs.

Esta informação chega diretamente do realizador do filme, Jeff Fowler, que confirma que o filme irá sofrer um atraso de cerca de três meses para recriarem os visuais do pequeno ouriço azul.


No mesmo mês em que o cinema recebeu uma adaptação do mundo Pokémon, com criaturas de videojogos recriadas de forma adorável e realista, a Internet teve uma reação extremamente negativa em relação à mascote da SEGA, que vai aparecer pela primeira vez no grande ecrã num filme de imagem real.

A reação foi tão negativa e os pedidos dos fãs foram feitos de tantas maneiras, com ajustes e recriações próprias mais agradáveis do que as oficiais, que até o próprio criador de Sonic mostrou a sua tristeza nas redes sociais, afirmando que “sente desconforto” a olhar para a sua personagem.

Esta não é a primeira vez que Fowler refere em público as mundaças da personagem, tendo confirmado, na altura de revelação do trailer, que ele e sua equipa iriam trabalhar no sentido de agradar os fãs e, obviamente, o estúdio.

Sonic The Hedgehog chega então assim aos cinemas a 14 de fevereiro de 2020. Isto se não sofrer mais deslizes.

https://youtu.be/FvvZaBf9QQI

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,931FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Crítica – The Father

The Father oferece uma experiência brutalmente devastadora e emocionalmente poderosa sobre a demência que não deixará ninguém indiferente.

Crítica – I Care a Lot

I Care a Lot é um dos melhores filmes que a Netflix ofereceu este ano, até agora. Rosamund Pike brilha, mas o argumento de J Blakeson é o verdadeiro espetáculo.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes