Black Widow vai ter finalmente um filme e já se sabe quem vai realizar

Quando Scarlett Johansson apareceu pela primeira vez em Iron-Man 2 no papel de Black Widow, desde logo os fãs começaram a pedir um filme dedicado a esta personagem.

- Publicidade -

A Marvel, atenta a esses pedidos e à crescente importância da personagem quer no seu Universo Cinemático, quer na importância da representação feminina nos filmes de super-heróis, parece ter tomado finalmente a decisão de lhe dar destaque num filme dedicado.

Segundo o The Hollywood Reporter, o filme de Black Widow já tem realizador, neste caso realizadora, marcando, também, a estreia de uma realizadora a trabalhar sozinha num filme da Marvel.

Cate Shortland foi a escolha feita pelo estúdio de Kevin Feige. A realizadora australiana foi selecionada de uma lista de 70 outros realizadores e conta na sua filmografia com filmes um pouco diferentes das produções de super-heróis, como o drama Somersault, Lore e o filme de mistério e horror, Berlin Syndrome.

Ao que parece, a escolha de Shortland teve ajuda da própria Black Widow, Scarlett Johansson, que mostrou ser fã do trabalho da realizadora.

O novo filme já tem um guião provisório escrito por Jac Schaeffer, que está habituada a trabalhar com histórias centradas em personagens femininas.

O filme de Black Widow, que se espera voltar a contar com Scarlett Johansson, irá contar a história da espia russa/super-heróina antes de se juntar aos Avengers.

Ainda sem data marcada, o filme juntar-se-á ao catalogo do Universo Cinemático da Marvel depois do próximo Avengers e será o segundo filme com uma heroína depois de Captain Marvel, que chega em Março de 2019.

Fonte: The Hollywood Reporter


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mortal Kombat e Nomadland entre os filmes que vão estar no cinema a partir de 19 de abril

Falta menos de uma semana para algo que os portugueses desejam há bastante tempo: a possibilidade de ver um filme no grande ecrã.

Crítica – Thunder Force

Thunder Force é mais uma peça de storytelling sem sentido e absurda de Ben Falcone, caraterizada por um humor insuportavelmente seco e forçado, para além de uma história facilmente esquecível.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Startup portuguesa cria solução para dar gorjetas sem ser preciso uma app dedicada

Escusado será dizer que também não é preciso tocar em dinheiro.

Há 11 novos tokens de criptomoedas disponíveis na Revolut

Agora, a oferta é de 21 tokens para todos os utilizadores.

Mercadona passa a vender as suas pizzas em embalagens com plástico reciclado e reciclável

A cadeia espanhola está a levar a cabo a sua Estratégia 6.25 para a redução de plástico e a gestão dos resíduos e investirá neste plano mais de 140 milhões de euros até 2025.