Dune falha o Natal e só chega em outubro de 2021

Expectável, mas doloroso.

Dune
- Publicidade -

Há mais um grande blockbuster a sofrer mais um atraso e que poderá tremer o resto da agenda dos estúdios para o ano de 2021.

Depois de ficarmos a saber que No Time to Die passou de novembro deste ano para abril de 2021, também os fãs de Dune devem preparar-se. A nova adaptação de Denis Villeneuve vai falhar o Natal e só estreia daqui a um ano, em outubro de 2021.

Este adiamento já se fazia prever depois da Warner Bros. ter colocado Wonder Woman 1984 na agenda apenas uma semana depois da data inicial de Dune, prevista para 17 de dezembro em território nacional.

As razões para este atraso são aquelas que já conhecemos: a COVID-19 ainda está presente e descontrolada nos mercados mais importantes para estas estreias e voltar ao cinema ainda não é uma opção saudável.

Agora resta saber como é que o mundo se vai adaptar para as grandes estreias de cinema voltarem à normalidade. Até lá fiquemos com os trailers.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Primeiro clipe do filme de Uncharted recria uma das cenas mais icónicas dos jogos

Para que não haja dúvidas que é mesmo uma adaptação.

Crítica – King Richard

King Richard não é apenas um dos meus filmes favoritos do ano, mas também uma das melhores biopics que já testemunhei.

The Matrix Resurrections – Crítica

The Matrix Resurrections é uma das maiores desilusões pessoais do ano. Lana Wachowski oferece um filme surpreendentemente meta e autoconsciente sobre a trilogia original repleta com ideias ousadas e fascinantes, mas com uma execução absolutamente terrível.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Moon Knight, a próxima série da Marvel, recebe trailer

Oscar Isaac apresenta-se formalmente aos fãs.

Yakuza Cascais – Aqui o sushi é mesmo diferente

Esqueçam os all you can eat desta vida e apostem em experiências inesquecíveis.

Roaming 5G da NOS funciona em 45 países

Em Portugal, a rede 5G da NOS está a chegar progressivamente a todo o país.