fbpx

Confirmado! Dragon Ball Super: Broly estreia a 14 de março em Portugal

Finalmente! Após termos falado aqui no Echo Boomer que o mais recente filme Dragon Ball Super: Broly iria estrear nos cinemas em Portugal, eis que temos agora uma data: 14 de março.

A novidade foi anunciada no Facebook oficial da Cinema City Portugal, revelando, assim, a estreia do filme nos cinemas portugueses, algo que não aconteceu com os anteriores Dragon Ball Z: Batalha dos Deuses e Dragon Ball Z: A Ressureição de Freezer.

Sabe-se, também, que o filme será exibido na versão portuguesa, isto é, com dobragem em português de Portugal, presumivelmente com os dobradores de sempre. Por confirmar ficou a estreia da versão original em japonês.

Curiosamente, o post original do Facebook da Cinema City Portugal foi apagado, o que indica que o filme não será somente exibido naqueles cinemas. Uma vez que em Portugal é a Big Picture Films que tem os direitos de distribuição do filme, é de esperar que, ao contrário do que foi anunciado inicialmente, Dragon Ball Super: Broly seja exibido por todo o país.

Em declarações ao Echo Boomer, o Cinema City referiu que “embora esteja confirmada a estreia, a distribuidora do filme ainda não comunicou a data e, como tal, pediu-nos que a informação fosse apagada, pelo menos até que eles comecem a comunicar”. Em todo o caso, a data, 14 de março, deverá manter-se.



Recorde-se que o filme Dragon Ball Super: Broly estreou no Japão a 14 de dezembro de 2019 e, desde logo, começou a quebrar recordes. Diz o site Box Office Mojo que a película já conseguiu 98 milhões de dólares em receitas de bilheteira desde que estreou, número que irá facilmente aumentar assim que o mais recente filme daquele universo estrear em mais países.

Por exemplo, Dragon Ball Super: Broly estreou hoje na Ucrânia e, em fevereiro, irá estrear em países como Espanha, Coreia do Sul, Itália e França.

Nota: O artigo foi atualizado às 17h43 com novas informações.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Candyman adiado para 2021

E não é preciso adivinhar porquê.

Vem aí um filme sobre a vida de Madonna

E o guião está a ser desenvolvido pela própria.
- Publicidade -

Mais Recentes

drand: um serviço público de números aleatórios

O que têm em comum a segurança do seu home banking, as auditorias eleitorais, e o sorteio semanal do Euromilhões? Todas requerem números aleatórios.

Crítica – The One and Only Ivan

The One and Only Ivan é um dos filmes mais bonitos de 2020.