Crítica – I Know This Much Is True

A nova aposta dramática da HBO com Mark Ruffallo não é para estômagos fracos.

I know this much is true

I Know This Much Is True é a nova aposta da HBO baseada na obra literária com o mesmo nome da autoria de Wally Lamb. A história aborda toda o drama de uma família com fundações italianas, mas que vive perseguida pela tragédia. O foco principal da história é a relação entre dois irmãos gémeos, Dominic e Thomas Birdsey, sendo que o último sofre de esquizofrenia paranóide.

Apesar de abordar ao pormenor a espiral descendente em que Dominic e Thomas se encontram no presente, durante o desenrolar da história somos transportados a momentos no passado onde é explicado com consistência e clareza como é que as coisas chegaram a este ponto de situação. No entanto, todo o plano principal da narrativa assenta nos ombros de Dominic Birdsey, que é também o narrador da história em voz off. O ritmo da série é lento, por isso, os seis episódios são um número ideal para I Know This Much Is True. Há tempo para tudo ser bem explorado e explicado, até mesmo nos momentos do passado que referi anteriormente.

Dominic e Thomas Birdsey são interpretados por Mark Ruffallo, que assume dois papéis algo distintos. Nunca valorizei muito o trabalho de Ruffallo por não estar familiarizado com o seu historial, mas posso garantir que, nesta mini-série, tem uma prestação digna de Emmy/Globo de Ouro. O argumento é muito pesado, no entanto, Ruffallo tem a capacidade de nos absorver e manter-nos intrigados devido à forma como aborda todas as interações sociais e como carrega praticamente toda a carga emocional de uma ponta à outra da série sem inconsistências.

Esta produção contém ainda uma carga emocional acrescida, visto que trazer à vida o livro de Wally Lamb era um projeto que Mark Ruffallo já tinha em mente há algum tempo, sendo que tal foi possível com a ajuda de Derek Cianfrance. Ao fazê-lo, o ator quis dedicar a série ao seu falecido irmão, Scott Ruffallo (1969-2008). Entretanto, a série foi também dedicada a Megan Cianfrance (1983-2019), irmã de Derek, que faleceu durante as filmagens da série.

Não aconselho quem não tem estômago ou não se encontra num bom momento atualmente a ver a série. Muito menos aconselho a fazerem o mesmo que eu e ver três episódios seguidos de cada vez (isto se não quiserem seguir I Know This Much Is True semanalmente).

I know this much is true

É, de facto, um trabalho excelente, mas não é ordinário, nada hollywoodesco e não tem qualquer tipo de filtros. É um drama nu e cru bastante perturbador. Ainda por cima, estando quase toda a gente em isolamento ou obrigada a mudar/adaptar muitos hábitos antigos, gerando algum desconforto, ver I Know This Much Is True não vos vai ajudar em nada. A fotografia raramente capta momentos de luz e felicidade e a banda sonora e a edição de som é bastante sombria.

Se a vossa mente estiver sã e se se sentirem “frescos”, é uma aposta sólida. Mas aviso já: caso se deixem emergir no enredo da série e tentarem absorver bem a história, vão dar por vocês a acabarem os episódios exaustos mentalmente.

Só para perceberem melhor a sensação, tenho uma analogia que encaixa na perfeição para vos explicar como se irão sentir caso decidam entregar-se de alma e corpo a esta produção. Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (J.K. Rowling) são introduzidos os Dementores (monstros que sugam a alma) e, ao estar na presença de um Dementor, a sensação com que se fica é descrita como se toda a luz e felicidade do mundo vos tivesse sido roubada.

Penso que muita gente não vai gostar do novo de Ruffallo e Cianfrance pelo motivo que decompus anteriormente: é perturbadora e não é a melhor altura para este tipo de séries.

Pessoalmente, defendo que o nosso julgamento crítico jamais pode ser toldado pelo nosso estado de espírito, caso contrário não há imparcialidade. E estando farto de séries de ocasião sem profundidade emocional só para entreter, prefiro (de longe) produções que me façam pensar, sentir e, sobretudo, que mexam com o meu estado de espírito. I Know This Much Is True é uma aposta segura.

I Know This Much Is True estreou hoje na HBO Portugal.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,468FansCurti
4,048SeguidoresSeguir
532SeguidoresSeguir

Relacionados

Crítica – I May Destroy You (Temporada 1)

A HBO está prestes a lançar mais uma série moderna e explosiva que decompõe na perfeição uma temática sensível: o "consentimento sexual".

As novidades da HBO para junho de 2020

As novidades da HBO Portugal para junho de 2020 já chegaram e vêm cheias de novas séries, novos filmes e novas temporadas.

As novidades da HBO para maio de 2020

A HBO Portugal revelou as novidades que vão chegar ao serviço de streaming durante o próximo mês, com um vídeo dedicado aos seus destaques.
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – I May Destroy You (Temporada 1)

A HBO está prestes a lançar mais uma série moderna e explosiva que decompõe na perfeição uma temática sensível: o "consentimento sexual".

Razer revela a segunda versão dos teclados Ornata

Um teclado híbrido para uma utilização mais casual.