HBO vai estrear documentário que acompanha jovens cineastas durante a primeira vaga da pandemia

COVID DIARIES NYC promete uma viagem emocional.

COVID DIARIES NYC
- Publicidade -

Apontem na agenda o dia 10 de março. É nessa data que estreia COVID DIARIES NYC, um novíssimo documentário na HBO Portugal.

O documentário narra a vida de cinco jovens cineastas, com idades entre os 17 e 21 anos, que se filmam para contar as histórias das suas famílias durante a primeira vaga da pandemia causada pela COVID-19, na cidade de Nova Iorque. O documentário, profundamente pessoal, traz à luz a situação de trabalhadores indispensáveis e das suas famílias durante os primeiros dias da crise da COVID-19, enquanto seguem as suas vidas, expostos ao vírus mortal, e num país dividido pela convulsão social.

COVID DIARIES NYC é composto por cinco histórias de coragem na primeira pessoa e, por vezes, muito emocionais, que fornecem uma visão profunda das experiências desses jovens enquanto processam os impactos e o significado da pandemia causada pela COVID-19.

COVID DIARIES NYC é uma produção da DCTV, sendo realizada por Marcial Pilataxi, Aracelie Colón, Camille Dianand, Shane Fleming, Arlet Guallpa e Rosemary Colón-Martinez.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Crítica – The Nevers (Primeiros 4 episódios)

The Nevers é a nova grande aposta da HBO com episódios de aproximadamente uma hora que prometem entreter e intrigar até os fãs casuais de fantasia e ficção científica.

Nova promoção da Bimbo está a oferecer um mês de HBO Portugal

A iniciativa contempla um total de 10.000 códigos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

North Music Festival é adiado, mas para setembro e outubro deste ano

Dois meses depois, eis que finalmente temos novidades sobre o North Music Festival 2021.

Reconstrução do Muro das Namoradeiras no Terreiro do Paço está finalizada

A reconstrução do Muro das Namoradeiras envolveu a inventariação de mais de 400 pedras que se encontravam depositadas nas instalações do Metro da Pontinha.