AdvanceCare disponibiliza avaliador de sintomas COVID-19 a todos os portugueses

- Publicidade -

Anteriormente, este avaliador somente estava disponível para clientes da empresa.

AdvanceCare

De forma a apoiar e aliviar o SNS, eis que a AdvanceCare resolveu disponibilizar, de forma gratuita, o acesso ao seu avaliador de sintomas COVID-19. Esta funcionalidade está disponível há cerca de seis meses, mas apenas em “piloto” para clientes Tranquilidade, sendo que, agora, chega a toda a gente, sejam ou não clientes da empresa.

O acesso ao avaliador de sintomas é muito intuitivo e fácil, iniciando-se através do acesso ao myAdvanceCare (registo sem custos), seguindo-se depois uma série de questões, colocadas de forma simples e clara, relativas aos sintomas que a pessoa possa estar a desenvolver. Termina com um indicador de urgência e informação do procedimento recomendado a seguir, nomeadamente a realização de uma consulta online ou, no limite, a deslocação a um hospital ou mesmo o contacto para o INEM.

Os contactos telefónicos estão integrados permitindo, na mesma operação, aceder com celeridade aos serviços de saúde mais indicados para o caso.

Este avaliador de sintomas é um serviço inovador que permite o acesso a um conjunto de recomendações, bem como a orientação em relação aos procedimentos a desenvolver em caso de doença, tratando-se de um assistente pessoal baseado em inteligência artificial.

No “piloto” realizado com cerca de 250 mil clientes, foi possível concluir que que 60% dos participantes não necessitaram de recorrer a uma consulta física após a avaliação (necessitando apenas de auto-cuidados ou consulta online) e que 80% dos avaliados seguiram as recomendações que receberam.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Campanha de vacinação contra gripe e Covid-19 arranca a 5 de setembro

O plano prevê um investimento de 15 milhões de euros em vacinas contra a gripe e de 6,9 milhões de vacinas contra a Covid-19.

Testes rápidos à COVID-19 voltam a ser gratuitos a partir de 19 de novembro

Isto numa altura em que os casos têm estado a aumentar.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Balada para Sophie, banda desenhada portuguesa, vai ser adaptada a série pela Universal

IDW anunciou a adaptação de cinco títulos de banda desenhada para várias plataformas, e uma é da autoria do português Filipe Melo.

Concerto dos Backstreet Boys em Lisboa está esgotado

Agora só mesmo através de um passatempo... ou mercado em segunda mão.