Análise – Razer Seiren V2 Pro

Para além do seu valor competitivo, o Razer Seiren V2 Pro é uma solução completa e extremamente simples de usar para todos os produtores de conteúdo.

- Publicidade -

Chegou a nova geração de microfones da Razer. Depois de uma linha de sucesso, o Razer Seiren está de regresso com um novo design e novas características.

Para streamers, podcasters e produtores de conteúdo no geral, a Razer oferece uma vasta gama de produtos onde se inserem, como é óbvio, microfones semiprofissionais, como é o caso da linha Seiren.

Depois de uma estreia positiva, com vários tamanhos e funções, onde até se destaca um microfone com LEDs que apresentam emojis, a nova geração aposta na produção de conteúdos profissional. Assim se apresenta o Razer Seiren V2 Pro.

É o topo de gama desta nova linha e surge com um preço de 159,99€, um valor muito próximo do que encontramos na concorrência. Em termos de apresentação e versatilidade, o Seiren V2 Pro mostra-se com um design mais clássico, de aspeto arredondado como o Seiren Mini, que já nos tinha sido apresentado.

No seu corpo encontramos o botão de on e off, bem como os dois reguladores de volume e de ganho, com a traseira a revelar uma saída para auscultadores e a porta USB-C que, infelizmente, continua a usar um encaixe exclusivo ao cabo que vem incluído, sendo difícil ou impossível usar qualquer outro cabo. Este é um pormenor recorrente com equipamentos da Razer, que entendo que seja para as conexões não ficarem soltas ao longo da sua utilização, mas que, ao mesmo tempo, torna os equipamentos incompatíveis com outros cabos, o que é um pouco contraditório quando tiramos partido de ligações universais como o USB.

Com uma base incluída, o seu suporte é versátil e pode ser enroscado noutros suportes, tripés e até braços, permitindo assim um excelente manuseamento e configuração em qualquer setup.

Mas, olhando ou ouvindo, aquilo que interessa é que o novo Seiren V2 Pro quer ser um microfone de cardioide profissional. Para isso, tira partido de várias características, como o seu microfone dinâmico de 30mm para a captação de um som mais rico e detalhado, o limitador de anhos para prevenir distorção de voz, o filtro high pass para bloquear sons e ruídos de baixa frequência mais indesejados, ou a capacidade interna de absorver choques e pequenos toques no microfone.

A nível de características mais detalhadas, temos um sample rate de 96KHz, bit rate de 24bit, frequência de resposta entre 20 a 20KHz, sensibilidade de -34dB e máxima de 120db. Uma configuração extremamente sólida e preparada para qualquer tipo de utilização caseira.

Na prática, traduz-se numa experiência premium e muito fácil de configurar. Assim que se retira da caixa e se liga ao PC, o Seiren V2 Pro fica pronto a usar e oferece o essencial para começar a gravar um podcast, fazer um stream ou narração, apenas com os dois controladores físicos.

O som captado é, de facto, rico e encorpado e com uma boa filtragem de ruídos indesejáveis, ainda que capte alguma coisa, mas capta o essencial para que softwares como o NVIDIA Broadcast, que com recurso da AI de placas da NVIDIA, consegue filtrar e remover até os sons mais intensos, sem distorção vocal.

No entanto, o software essencial a usar com o Seiren V2 Pro é o Razer Synapse, que nos permite criar uma mesa de controlo virtual onde podemos nivelar o volume de aplicações, voz, vídeos, entradas de sinal, tudo o que for necessário para produção de conteúdos, como por exemplo uma stream ou um live. Estas funções são muito semelhantes ao que a Elgato oferece com o Wave Link, com a possibilidade de juntar mais três fontes e, neste caso, já integrado na aplicação central da Razer, o que é ótimo se usarem outros periféricos da marca.

O Razer Seiren V2 Pro é daqueles produtos em que temos aquilo que pagamos. É completo, robusto, de qualidade e incrivelmente simples de usar. Simplesmente funciona. Juntamente com o seu preço bem competitivo, esta é, sem dúvida, uma solução a ponderar até mesmo para quem se está a iniciar no mundo da produção.

O Razer Seiren V2 Pro já está à venda nas lojas e no site oficial da marca.

Recomendado

Este dispositivo foi cedido para análise pela Razer.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Não haverá festas de passagem de ano no Algarve

E foram também canceladas várias iniciativas que integravam a programação de Natal.

Análise – Sony Pulse 3D Midnight Black

Fez no passado mês de novembro um ano desde que a PlayStation 5 chegou ao mercado. Com ela vieram também os primeiros acessórios, entre eles os Sony Pulse 3D, que recentemente tiveram um “relançamento” numa nova cor.