Kingston Fury Renegade de 2TB – Que não falte espaço na vossa PlayStation 5

- Publicidade -

Instalar mais espaço na PlayStation 5 é simples e pensar em que jogos desinstalar para descarregar novidades já não é um problema.

Desde que a PlayStation lançou o firmware que finalmente permitiu que fosse possível aumentar o armazenamento da PlayStation 5, logo fiquei curioso com vários aspetos: Quantos jogos a mais posso colocar num disco maior? Quanto tempo demoro a copiar? Será que a experiência de jogo muda? E, talvez mais importante para todos os que pretendem fazê-lo, é de difícil instalação?

Recentemente tive a oportunidade de encontrar estas respostas com uma solução da Kingston, que nos cedeu um dos seus produtos mais interessantes para esta função, o seu PCIe 4 NVMe SSD, Kingston Fury Renegade de 2TB.

E porque é que este Kingston Fury Renegade de 2TB é especial? Por várias razões, a começar pela forma como foi desenhado e desenvolvido, porque “out of the box” está preparado para ser instalado na nova consola.

Não é qualquer PCIe 4 NVMe SSD que pode ser instalado seguramente na PlayStation 5. Nos guias e FAQs da PlayStation, aprendemos que, para tirar partido dos novos jogos no armazenamento expansivo e de forma segura para não danificar dados ou, até mesmo, a consola, existem requisitos: o seu formato, que pode ser 2230, 2242, 2260, 2280 e 22110; tamanho com largura até 25 mm e comprimentos de 30, 40, 60, 80 ou 110 mm; velocidades iguais ou superiores a 5500 MB/s; e a recomendação de um dissipador de calor para este periférico.

São várias as soluções no mercado que correspondem a estes requisitos. Muitas vezes temos apenas os PCIe 4 NVMe SSD, sem o dissipador incluído e, outras vezes, um dissipador incluído demasiado grande para o efeito.

Já a solução da Kingston é um meio termo, apresentando um PCIe 4 NVMe SSD de baixo perfil com um fino dissipador de calor de alumínio-grafeno, que promete um arrefecimento mesmo em situações de alto desempenho.

Esta solução da Kingston acaba mesmo por ser promovida como “PS5 Ready”, ou seja, pronta a instalar e a usar. Contudo, há uma garantia feita internamente pela Kingston: não descarta a possibilidade de usar um dissipador de terceiros… se o utilizador assim o pretender.

Outras características que o tornam ideal para a PlayStation 5 são o seu formato fino de M.2 2280 e capacidades até 4TB. No nosso caso, recebemos a versão de 2TB.

A minha experiência com o Kingston Fury Renegade foi focada na PlayStation, a começar com o setup. No passado já tinha mudado as capas da minha consola, com as Black Plates originais da dbrand, passando por um processo simples de remoção das mesmas.

A consola está desenhada para ser facilmente aberta e personalizada, pelo que, neste caso, bastou tirar a tampa inferior que revela uma chapa para o compartimento do SSD. Basta uma chave estrela e voilá. Instalamos o disco, voltamos a apertar o parafuso para ficar fixo, a chapinha e ficamos com uma consola de armazenamento aumentado.

A segunda parte do setup, já com a consola ligada, é igualmente simples. Uma vez instalado, a consola apresenta imediatamente um ecrã de formatação do SSD M.2, que deve ser feito para ativar o armazenamento extra, permitindo-nos saber a saúde do disco com o registo da velocidade atingida. Algo que repeti várias vezes posteriormente, sempre com valores diferentes, em que o mais alto foi aproximadamente 6500MB/s de leitura. Muito próximo da promessa de 7.300/7.000MB/s (escrita/leitura) para este modelo. De notar que este resultado apresentado é sempre arbitrário.

A primeira coisa que fiz para testar o desempenho na consola foi transferir um jogo, neste caso o recente Horizon Forbidden West, que ocupava na altura do teste 98,46GB. Uma transferência do disco interno para o Kingston Fury Renegade que durou exatamente 1 minuto e 16 segundos, em três tentativas. Podemos arredondar e dizer mesmo que, num minuto e vinte, podemos transferir 100GB.

Se com os 825GB de armazenamento original da PlayStation 5, que se traduzem em apenas 667,2GB usados, parece que ficamos limitados rapidamente na quantidade de jogos armazenados e prontos a usar, com 2TB o céu parece o limite. Com apenas 20,85MB de espaço reservado, este modelo do Kingston Fury Renegade de 2TB faz justiça À sua promessa, apresentando mesmo 2,01TB.

Preencher o seu armazenamento é uma jornada. Rapidamente passei para lá praticamente todos os jogos que tinha instalados, com uma média de 50GB cada um, e os nove jogos instalados ocupam apenas uma porção do disco. Se considerarmos o tamanho dos jogos atuais, entre 50GB a 100GB, excluindo anomalias como um Call of Duty, podemos preencher o Kingston Fury Renegade de 2TB com 40 jogos de 50GB ou 20 jogos de 100GB.

Em termos mesmo práticos, o efeito que tem nos jogos face aos títulos instalados no disco interno é minúsculo. Sim, é verdade que a sua velocidade influencia tempos de carregamento e pode melhorar o carregamento de elementos, por exemplo, em jogos de mundo aberto, mas numa utilização realista a diferença é insignificante e difícil de medir. O importante aqui é mesmo que a sua velocidade, seja equivalente ou superior ao do disco interno, garantido assim o suporte de jogos de nova geração concebidos a pensar nas capacidades da PlayStation 5.

Os discos Kingston Fury Renegade estão disponíveis a partir de 500GB até aos 4TB, ou de sensivelmente 120€ até os 1000€. No caso do modelo de 2TB, este pode rondar os 400€, um valor excecionalmente alto, mas que garante um desempenho ideal e muito espaço para uma bela e recheada biblioteca de jogos digitais na PlayStation 5.

Recomendado

Este dispositivo foi cedido para análise pela Kingston.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes