Hot Wheels Unleashed – “Vou apanhá-los todos!”

Simples, rápido e eficaz, Hot Wheels Unleashed é uma incrível surpresa no raro mundo dos arcade racers.

- Publicidade -

Hot Wheels Unleashed é incrível. Algo que não esperava escrever quando vi o jogo ser anunciado. Tinha tudo para ser um daqueles jogos de médias produções descartáveis baseado numa marca popular, mas, felizmente para mim e todos os amantes de arcade racers e de Hot Wheels, é legitimamente bom. Não é perfeito, mas é bom.

Atualmente, o mundo dos racings varia essencialmente entre simuladores, sim-arcades e kart-racers, subgéneros dos quais Hot Wheels Unleashed não se insere, pois o seu conceito está enraizado num estilo de jogo mais old-school, dos jogos de corrida onde pisamos o pedal até ao fundo, fazemos reconhecimento das pistas e deslizamos por curvas como Keiichi Tsuchiya enquanto apontamos para a metas, sem pensar nas leis da lógica ou nos perigos de ataques de oponentes. Puro controlo.

A satisfação de fazer uma curva de 360 graus completamente de lado, terminando num boost que nos atira diretamente para um loop que segue para uma rampa vertiginosa enquanto mantemos controlo e momento da situação, são sensações já raras no género, elementos que tornam Hot Wheels Unleashed tão divertido e que fazem justiça à sua natureza e contra-parte real, os brinquedos.

Conhecida pelo género do sim-arcade em jogos como MXGP, Ride, Monster Energy Supercross, Gravel e uma série de entradas de MotoGP, a Milestone não é estranha à adrenalina da velocidade, mas surpreende-nos com um registo tão hiper-realista e tão autêntico ao entrar na loucura do arcade.

Hiper-realista é mesmo a melhor forma de descrever Hot Wheels Unleashed. Da mesma forma que Toy Story nos apresenta um mundo quase real com brinquedos vivos, Hot Wheels Unleashed apresenta-nos também um muito realista, com brinquedos que operam com as leis da física do que seriam as suas contra-partes reais. Os veículos têm peso, suspensão, diferentes tipos de boost, os impactos afetam a nossa condução… É um jogo de corridas que simplesmente funciona como esperávamos, apesar de estarmos efetivamente a conduzir carrinhos leves do tamanho de um dedo.

A fantástica jogabilidade torna Hot Wheels Unleashed num ciclo vicioso. Seja em corridas ou time-trials, há sempre aquele sentimento de querermos fazer mais uma prova, de voltarmos a repetir para decorar a pista e fazer um melhor tempo, ou experimentá-la com um veículo diferente. O sistema de progressão de Hot Wheels Unleashed também ajuda nesse sentido, com uma carreira de percurso ramificado através de um pequeno mapa visual, onde as propostas e as recompensas de desbloquear um carro ou de receber uma caixa surpresa nos convidam a fazer melhor.

Mas o mais incentivante da experiência é o sentimento de colecionismo dos pequenos carros. Com uma seleção incrível de alguns dos mais icónicos da marca, encontramos carros lendários, como o DeLorean de Back to the Future, o K.I.T.T. de Knight Rider, a carrinha das Tartarugas Ninja, entre outros, mas ao nosso alcance através da sorte, do desbloqueio de caixas surpresas das quais não estamos à espera. No fundo, pacotes de cromos. A Milestone teria aqui uma oportunidade predatória e honestamente desmotivante em aplicar monetização real, mas, em vez disso, toda a economia do jogo é interna, através do acumular de moedas para comprar as tais Blind Boxes e de peças para atualizar as características dos veículos. Quanto mais jogarmos, seja a solo ou online, mais acumulamos, logo mais podemos colecionar. E se calharem carros repetidos, podemos sempre vender ou destruí-los e sermos recompensados com moedas ou ferramentas. Além disso, de quatro em quatro horas de jogo, Hot Wheels Unleashed apresenta uma seleção de carros revelados que podem ser adquiridos sem qualquer surpresa.

Hot Wheels Unleashed é, no entanto, um jogo contido e simples, mas que aposta no essencial. Além da sua campanha que se passa numa mão cheia de horas, mas que tem um enorme valor de repetição, temos um raro modo de ecrã dividido, um modo multijogador online simples para quebrar a monotonia de jogar com a inteligência artificial, um incrível editor de liveries ao nível de um Forza ou Need For Speed e um editor de pistas que me levou aos tempos em que colei no clássico da Acclaim, Re-Volt.

Mas tudo isto funciona e brilha graças à incrível apresentação de Hot Wheels Unleashed. Além dos cenários relativamente variados e das variantes de pistas com a sua identidade e desafios, são os veículos que se destacam com detalhes. O caminho para a perfeição é a imperfeição, que é o que não falta nestes modelos virtuais. Os carros de Hot Wheels não são propriamente super detalhados, mas é isso que os torna tão interessantes. A Milestone fez um incrível trabalho ao representar estes brinquedos tal como são, imperfeitos, por vezes desinspirados, mas que, ironicamente, os tornam tão incríveis e adorados, com a utilização de materiais realistas e a acumulação de riscos, dedadas e desgaste das rodas ao longo das corridas. É absolutamente impressionante.

Infelizmente, joguei a versão da PlayStation 4 de Hot Wheels Unleashed na minha PlayStation 5, logo não posso comentar muito sobre a experiência da nova geração, mas posso garantir que Hot Wheels Unleashed é uma pérola a nível técnico. Com desempenho a 60fps sólidos, o jogo apresenta um sistema de iluminação super realista e uma sensação de velocidade fantástica que, em conjunto com a sua divertida condução, tornam o jogo muito mais sólido do que se esperaria de algo deste calibre.

Como disse no início, não é um jogo perfeito e não, não me refiro às tais imperfeições dos carros. O sistema de progressão podia ser um pouco mais afinado – não tão grindy -, a variedade de locais e segmentos de pista também poderiam ser melhores e a possibilidade de atualizar para a versão da nova geração também seria simpática, mas o que a Milestone apresenta é uma excelente surpresa. Um jogo de corridas simples que desperta o sentimento de colecionismo que há em nós e que nos entrega muitas horas de diversão sem pensar muito. É fantástico.

Hot Wheels Unleashed está disponível no PC, consolas PlayStation, consolas Xbox e Nintendo Switch.

Recomendado

Cópia para análise (versão PlayStation 4) cedida pela Milestone.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Análise – Ultra Age (PlayStation 4)

O equivalente aos bonecos de Dragon Ball Z que comprávamos nas papelarias, mas mais divertido.

K.I.T.T., Delorean, Batmobile e mais juntam-se a Hot Wheels Unleashed

Alguns dos veículos mais populares da cultura pop podem ser colecionados e conduzidos no próximo jogo de Hot Wheels.

Sonic, lutas e caçadas juntam-se ao catálogo do PlayStation Now em junho

Muitos jogos e muitas experiências novas para explorar no PS Now.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.

Blade of Darkness – À lei da espada

Um regresso ao passado competente que merecia algumas melhorias na jogabilidade.