A próxima geração PlayStation já está quase aí

por Echo Boomer

Os fãs da PlayStation tiveram esta semana um primeiro olhar teórico às características da próxima geração de consolas da Sony.

Em exclusivo para o portal Wired, a gigante tecnológica anunciou os planos para a próxima geração, revelando características que podem levar muitos jogadores a quererem fazer um upgrade das suas PlayStation 4 Pro ou Xbox One X.

A equipa da Wired ficou a conhecer as novidades com Mark Cerny, o arquiteto responsável pela atual consola da PlayStation e pelo apoio técnico nos seus exclusivos.

Em entrevista, o engenheiro partilha que já são vários os estúdios internos que receberam os devkits para se habituarem às capacidades da consola, mas que não devemos esperar pelo seu lançamento para 2019.

Ainda sem lhe chamarmos PlayStation 5, a equipa técnica da Sony parece já estar a trabalhar na consola que vai substituir as atuais PlayStations. E os detalhes são bastante interessantes.

A nova consola terá a ajuda da AMD para fornecer os processadores baseados na arquitetura Ryzen de 8 núcleos de 7nm, um processador gráfico também daquela empresa, neste caso a Radeon Navi, e irá ter suporte para raytracing, a mais recente novidade na produção de visuais realistas que a NVIDIA introduziu ao consumidor com as suas placas gráficas RTX.

Outras novidades dizem respeito à inclusão de um disco SSD, que, segundo o artigo da Wired, vai diminuir drasticamente os tempos de espera nos jogos. Um dos exemplos dados foi com Marvel’s Spider-Man, que, a correr numa PS4 Pro com SSD, reduziu o tempo de loading de 15 segundos para 0.8 segundos, algo que bem aplicado poderá transformar a forma como interagimos com os jogos.

Marvel’s Spider-ManTecnicamente, a consola também irá suportar resoluções 8K, ainda que o foco da Sony sejam experiências 4K. Não só por uma questão de gestão de recursos, mas também pela recente adoção dos consumidores na Ultra Definição. Contudo, mostra-se assim à prova de futuro para outros conteúdos multimédia.

Já o suporte para experiências de realidade virtual vai continuar presente e será compatível com a atual geração do PSVR.

Por falar em retrocompatibilidade, foi também confirmado que a próxima geração será compatível, pelo menos, com a Playstation 4, o que significa que poderemos continuar não só a jogar os nossos jogos favoritos na nova consola, como também haverá também títulos partilhados na janela de lançamento. Um desses exemplos referidos no artigo poderá ser Death Stranding, do qual não se conhece ainda data de lançamento.

Por fim, a Sony parece não querer ir numa direção 100% digital, optando ainda por um formato físico. Isto significa que vamos continuar com os nossos discos Blu-Ray.

A data de lançamento para a nova geração de consolas PlayStation não é certa, mas tudo leva a querer que aconteça já em 2020.

Esperam-se mais informações ao longo deste ano, provavelmente num evento próprio depois da E3, uma vez que a PlayStation não irá estar presente no evento.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: